França envia barcos de patrulha a Jersey em conflito de pesca com Reino Unido

O governo francês ficou revoltado quando Jersey emitiu novas autorizações de pesca que considerou serem injustas com a França

Christian Lowe,

da Reuters, em Paris

Ouvir notícia

 

A França despachou dois barcos de patrulha marítima às águas do litoral da ilha de Jersey, no Canal da Mancha, nesta quinta-feira (6) depois que o Reino Unido enviou duas de suas embarcações navais, numa disputa crescente sobre os direitos de pesca pós-Brexit.

A Comissão Europeia pediu calma na disputa, que nesta quinta-feira ainda envolveu uma flotilha de protesto de cerca de duas dezenas de traineiras francesas que navegou até o principal porto de Jersey e exigiu uma reunião com autoridades da ilha.

O governo francês ficou revoltado quando Jersey emitiu novas autorizações de pesca que, de acordo com Paris, impõem restrições injustas ao acesso de traineiras francesas a locais de pesca do Canal, um calcanhar de Aquiles nas relações desde a saída do Reino Unido da União Europeia.

Um ministro da França ameaçou interromper o fornecimento de energia a Jersey se as restrições à pesca não forem descartadas, levando o governo britânico a expressar seu “apoio inabalável” à ilha e a enviar as duas embarcações navais.

A Marinha francesa disse nesta quinta-feira que os dois barcos de patrulha de seu país foram enviados por ordem das autoridades civis, e não deu detalhes sobre o que eles farão no litoral de Jersey.

Uma autoridade do governo francês disse que o envio dos barcos franceses “sinaliza nossa preocupação e frustração, e é um apelo, que também expressaremos, pela aplicação correta dos acordos” selados quando o Reino Unido saiu da UE.

Frota de navios de pesca franceses
Frota de navios de pesca franceses no litoral da llha de Jersey, em 06/05/2021
Foto: Marc Le Cornu/via REUTERS

Mais Recentes da CNN