Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    França se prepara para receber 100 mil refugiados ucranianos

    Primeiro-ministro francês afirmou que o país tem um plano para receber as famílias

    Civis tentam deixar Mariupol, uma das cidades mais atingidas pela Rússia na Ucrânia
    Civis tentam deixar Mariupol, uma das cidades mais atingidas pela Rússia na Ucrânia Anadolu Agency via Getty Images

    Xiaofei XuAnaëlle Jonahda CNN

    A França apresentou um plano nacional para preparar moradia para pelo menos 100 mil refugiados ucranianos, disse o primeiro-ministro francês, Jean Castex, a repórteres nesta terça-feira (22).

    “Cada vez mais ucranianos estão encontrando refúgio na França ou transitando por nosso território”, disse Castex, após uma reunião interdepartamental de crise sobre o assunto.

    Mais de 26 mil refugiados ucranianos chegaram à França desde o início da guerra, segundo o primeiro-ministro. Entre eles, 10.500 obtiveram residência temporária prevista na política de proteção temporária da UE, ativada em 3 de março.

    O primeiro-ministro francês também prometeu ajudar os refugiados ucranianos a se integrarem melhor ao mercado de trabalho da França, com aulas de francês oferecidas na agência de emprego do país.

    “Estamos entrando em uma crise que vai durar”, disse Castex. “É uma honra para nosso país manter a recepção mais calorosa possível para nossos amigos ucranianos.”

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original