Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    França vai perder mais um ano, diz Le Pen sobre resultado na eleição

    Grupo da líder da ultradireita foi derrotado pela coalizão de esquerda, mas conquistou novas cadeiras no Parlamento

    Marine Le Pen durante discussão sobre proposta de reforma da Previdência no Parlamento da França em Paris
    Marine Le Pen durante discussão sobre proposta de reforma da Previdência no Parlamento da França em Paris 17/02/2023 REUTERS/Sarah Meyssonnier

    Da Reuters

    A líder francesa da ultradireita, Marine Le Pen, disse no domingo (7) que a França “perdeu mais um ano” para reduzir a imigração, a insegurança e discutir o poder de compra, depois que seu partido, o Reunião Nacional (RN), sofreu uma virada contra rivais de esquerda nas eleições legislativas.

    As projeções das pesquisas, com base nos primeiros resultados, mostraram o RN chegando em terceiro lugar, atrás da coalizão de esquerda da Nova Frente Popular (NFP) e do campo centrista de Macron, embora o RN tenha liderado as pesquisas até a votação deste domingo (7).

    “O atoleiro sobre o qual avisei tornou-se realidade. A França será totalmente bloqueada com três grupos que têm mais ou menos a mesma influência na Assembleia Nacional”, disse Le Pen a jornalistas.

    Os resultados de domingo também foram um golpe para o presidente centrista Emmanuel Macron, que convocou a eleição depois que seu grupo foi derrotado na eleição para o Parlamento Europeu no mês passado.

    A eleição deixará o parlamento francês dividido em três grandes grupos – a esquerda, os centristas e a extrema direita, com plataformas extremamente diferentes e nenhuma tradição de trabalhar juntos.