Garoto de 6 anos obedece a mãe e não tira máscara nem para foto da escola

Segundo sua mãe, Mason costuma seguir regras, inclusive dentro de casa, onde arruma a cama e mantém seu quarto limpo

Mason treinou sorriso em casa antes da foto na escola
Mason treinou sorriso em casa antes da foto na escola Reprodução Nicole Peoples

David WilliamsAlisha Ebrahimjida CNN

Ouvir notícia

Ao chegar o dia da foto na escola primária Mason Peoples, em Las Vegas (Estados Unidos), um aluno da primeira série se preparou — ele escolheu sua camisa favorita, que combinava com sua máscara, e deu o seu melhor sorriso para a sua mãe naquela manhã.

“Ele estava feliz e sorridente. Meu filho perdeu quatro dentes nas últimas semanas”, disse sua mãe, Nicole Peoples, à CNN.

Ela disse que ficou surpresa quando o menino de 6 anos disse não retirou a máscara para a foto do colégio porque ela disse que ele só deveria tirá-la para comer.

“Conversamos no início das aulas sobre a importância da segurança e como os germes podem ser transmitidos se ele não estiver com a máscara. Ele usa o tempo todo”, disse Peoples.

Máscaras são de uso obrigatório na escola de Mason, onde seu irmão mais velho também estuda a terceira série. Seu irmão mais novo está no pré-K (definido como a preparação de crianças de 2 a 4 anos para a educação infantil), disse sua mãe.

“Eu disse ‘não, obrigado, minha mãe me disse que eu não posso tirá-la’”, afirmou Mason.

Mason é um seguidor de regras, disse sua mãe, e até arruma a cama e limpa o quarto como deveria.

Segundo sua mãe, Mason costuma seguir regras, inclusive dentro de casa, onde arruma a cama e mantém seu quarto limpo.

“Ele está orgulhoso. Adora me mostrar como seguiu as regras, então é por isso que ele estava tão animado para voltar para casa e me contar sobre a história da foto”, ​​disse Peoples.

Nicole também se sente orgulhosa que compartilhou a história no Facebook, onde foi rapidamente compartilhada.

Seguidores queriam fazer algo legal para Mason ou comprar uma guloseima para ele, então ela configurou uma página do GoFundMe com uma meta de US$ 7. Arrecadou mais de US$ 13.000.

Peoples entende que as crianças sentem dificuldade em usar máscara e não socializar com os amigos, mas seus filhos entendem por que isso é importante.

Ela disse que seu avô, que a criou e era mais parecido com seu pai, foi mais uma vítima da Covid-19, em janeiro.

“Ele significava muito em nossa vida, então Mason foi impactado, eles viram em primeira mão”, disse Peoples. “Então essa experiência realmente faz Mason querer usar sua máscara e saber que ela está protegendo não só ele, mas outras pessoas, seus mais velhos e outras pessoas ao seu redor.”

Quando Peoples viu a foto, ela disse que sabia que teria que comprá-la.

Mesmo com a máscara, ela podia ver que ele estava fazendo seu rosto determinado e “dá para ver aquele brilho nos olhos dele, com certeza”.

“Nós temos um retrato de família — uma parede onde colocamos todos os nossos retratos de família — então esta definitivamente vai para bem no centro”, disse ela.

(Este texto foi traduzido. Clique aqui para ler o original)

Mais Recentes da CNN