Grande explosão destrói hotel de luxo no centro de Havana, em Cuba

Presidência de Cuba informou pelo Twitter que investigações preliminares apontam vazamento de gás como a causa; polícia e bombeiros cubanos buscam sobreviventes entre os escombros do Hotel Saratoga

Patrick Oppmannda CNN

em Havana

Ouvir notícia

Uma explosão balançou a capital cubana de Havana, nesta sexta-feira (6), destruindo a parte frontal do hotel de luxo Saratoga. Investigações preliminares indicam que o motivo da explosão foi um vazamento de gás.

A polícia e os bombeiros cubanos buscam sobreviventes entre os escombros.

Imagens do local mostraram a fachada explodida em pelo menos três andares do edifício ornamentado de estuque verde e branco. Nuvens de poeira e fumaça podiam ser vistas subindo em torno de detritos no chão.

Ônibus e carros foram vistos destruídos no lado de fora do hotel.

Uma publicação feita no Twitter da Presidência de Cuba mostrou que o presidente, Miguel Díaz-Canel, está no local da explosão. Diáz-Canel está acompanhado do primeiro-ministro cubano, Manuel Marrero, e do presidente da Assembleia de Cuba, Esteban Lazo.

“Investigações preliminares indicam que a explosão foi causada por um vazamento de gás. Haverá mais detalhes sobre isso em breve”, escreveu o perfil da presidência.

Testemunhas oculares disseram a Patrick Oppmann, correspondente da CNN, que está no local, que aconteceu uma “grande explosão”.

De acordo com Oppmann, o hotel – que é um dos mais populares da cidade – estava praticamente vazio por causa da pandemia.

Ele fica próximo ao Capitólio de Havana, que foi sede do Congresso de Cuba até a revolução de 1959, e hoje em dia abriga a Academia Cubana de Ciências e a Biblioteca Nacional de Ciência e Tecnologia.

Segundo o site do Hotel Saratoga, localizado no centro histórico da capital cubana, o edifício possui 96 quartos, dois bares, dois restaurantes, um spa, uma academia equipada e uma piscina no terraço.

Esta é uma Breaking News e será atualizada

Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

versão original

Mais Recentes da CNN