Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Guerra de Israel: Mais de 16 mil pessoas morreram na Faixa de Gaza, diz Hamas

    Número inclui 7 mil crianças; militares israelenses continuam ofensiva contra o sul do território

    Um soldado israelense observa enquanto eles operam em Gaza em uma foto divulgada na sexta-feira
    Um soldado israelense observa enquanto eles operam em Gaza em uma foto divulgada na sexta-feira FDI/Reuters

    Da CNN

    Forças israelenses mataram ao menos 16.248 pessoas, incluindo 7.112 crianças e 4.885 mulheres, na Faixa de Gaza desde 7 de outubro, informou um comunicado da assessoria de comunicação do Hamas nesta terça-feira (5).

    Além disso, ao menos 43.616 pessoas ficaram feridas e outras 7.600 estão desaparecidas, segundo o órgão.

    “Durante a agressão contra Gaza, as forças israelenses lançaram mais de 50 mil toneladas de explosivos sobre casas civis, hospitais, escolas e outras instituições, resultando na destruição completa de 52 mil unidades habitacionais, 69 escolas, 121 edifícios governamentais e 100 mesquitas”, afirmou o grupo armado.

    Tropas de Israel cercam Khan Younis

    As Forças de Defesa de Israel (FDI) afirmam que as suas tropas estão “no coração de Khan Younis”, na parte sul de Gaza.

    O comandante do Comando Sul das FDI, major-general Yaron Finkelman, descreveu esta terça-feira (5) como “o dia mais intenso desde o início da operação terrestre, em termos de terroristas mortos, número de tiroteios e uso de poder de fogo terrestre e ar.

    Mais tarde, o tenente-general Herzi Halevi destacou que as tropas de Israel estão cercando a cidade.

    *com informações de Adam Makary, da Reuters, e de Tamar Michaelis, da CNN