Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tropas de Israel estão “no coração de Khan Younis”, no sul de Gaza, dizem militares

    Combatentes também cercam a cidade; comandante das Forças de Defesa de Israel diz que esta terça-feira (5) é "o dia mais intenso desde o início da operação terrestre"

    Palestinos inspecionam casas, destruídas em ataques israelenses durante o conflito, em Khan Younis
    Palestinos inspecionam casas, destruídas em ataques israelenses durante o conflito, em Khan Younis 27/11/2023REUTERS/Mohammed Salem

    Tamar Michaelisda CNN

    As Forças de Defesa de Israel (FDI) afirmam que as suas tropas estão “no coração de Khan Younis”, na parte sul de Gaza.

    O comandante do Comando Sul das FDI, major-general Yaron Finkelman, descreveu esta terça-feira (5) como “o dia mais intenso desde o início da operação terrestre, em termos de terroristas mortos, número de tiroteios e uso de poder de fogo terrestre e ar.

    Relatos de Khan Younis e Deir Al Balah, mais ao norte, descrevem ataques israelenses intensos, com muitas vítimas sendo levadas para o Hospital dos Mártires de Al-Aqsa.

    “Desde o fim da pausa operacional, as aeronaves da Força Aérea Israelense realizaram duas rodadas de ataques envolvendo dezenas de aeronaves de todos os esquadrões de combate. Centenas de munições foram utilizadas durante ataques a túneis, poços operacionais e posições de lançamento de mísseis antitanque, a fim de apoiar o movimento dos soldados de infantaria das FDI no terreno”, disse Finkelman.

    Mais tarde, o tenente-general Herzi Halevi destacou que as tropas de Israel estão cercando a cidade de Khan Younis.

    Batalhas no norte

    Os militares israelenses também “completaram o cerco” ao campo de refugiados de Jabalya, no norte da Faixa de Gaza nesta terça-feira.

    Halevi afirmou que as FDI estavam agora entrando na “terceira fase das operações terrestres”, embora não tenha especificado o que isso significa.

    “Asseguramos muitos redutos do Hamas no norte da Faixa de Gaza e agora estamos operando contra os seus redutos no sul”, destacou.

    Em resposta à pergunta de um jornalista sobre a situação humanitária em Gaza, Halevi apontou para a ajuda que chega a Gaza, dizendo: “Estamos fazendo grandes esforços, de acordo com a decisão do governo e com o direito internacional”.