Guerra na Ucrânia é “um massacre sem sentido”, diz Papa Francisco

Papa também afirma que crise no território ucraniano é desumano

Papa Franscico
Papa Franscico 09/02/2022 REUTERS/Yara Nardi

Nicola Rutuoloda CNN

em Roma

Ouvir notícia

Em seu discurso semanal de domingo e bênção, o Papa Francisco chamou a guerra na Ucrânia de “um massacre sem sentido, onde estragos e atrocidades se repetem todos os dias”.

“Peço a todos os atores da comunidade internacional que façam um esforço real para acabar com esta guerra repugnante”, disse o chefe da Igreja Católica à multidão na Praça de São Pedro após a oração do Angelus.

“Esta semana, mísseis e bombas atingiram civis, idosos, crianças e mães grávidas ”, disse o Papa Francisco, acrescentando que visitou crianças feridas tratadas em Roma . “Um deles está sem um braço, outro ferido na cabeça, crianças inocentes”, disse o Papa.

 

“Fiquemos perto deste povo agredido, abracemos com afeto e com compromisso concreto e oração, e por favor, não nos acostumemos com a guerra e a violência”, acrescentou.

O Papa Francisco convidou “todos os fiéis e todas as comunidades” a se juntarem a ele em 25 de março, dia da Anunciação Cristã, “na realização de um ato solene de consagração da humanidade, especialmente da Rússia e da Ucrânia”.

“Tudo isso é desumano, na verdade também é um sacrilégio porque vai contra a sacralidade da vida humana. Principalmente contra a vida humana indefesa, que deve ser respeitada e protegida, não eliminada, e que vem antes de qualquer estratégia, não esqueçamos, é cruel, desumana e sacrílega”, concluiu.

 

 

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN