Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Hamas afirma que quer prolongar trégua com Israel

    Acordo prevê quatro dias de trégua para a libertação de reféns; prazo encerra nesta segunda (27)

    Ibrahim Dahmanda CNN

    O Hamas disse neste domingo (26) que quer prolongar a trégua de quatro dias com Israel, prazo que encerra nesta segunda-feira (27). Desde sexta-feira (24) os dois lados do conflito já libertaram dezenas de reféns e prisioneiros.

    Em comunicado, o grupo radical islâmico disse que pretende “estender a trégua após o término do período de quatro dias, através de esforços sérios para aumentar o número de pessoas libertadas da prisão, conforme estipulado no acordo de cessar-fogo humanitário”.

    No início deste fim de semana, o Qatar, que desempenhou um papel central na mediação do acordo, disse que também esperava prolongar a trégua, que inclui uma prorrogação de um dia extra por cada dez reféns que o Hamas está disposto a libertar.

    “O que esperamos é que o impulso que resultou das libertações…e deste acordo de quatro dias nos permita estender a trégua para além destes quatro dias e, portanto, entrar em discussões mais sérias sobre o resto dos reféns”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Catar, Majed Al-Ansari, à CNN no sábado.

    O presidente dos EUA, Joe Biden, também expressou o desejo de estender a pausa nos combates durante neste domingo.

    Veja também: Terceiro grupo de reféns chega a Israel