Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Herói da noite: menino de 11 anos viaja sozinho da Ucrânia para a Eslováquia

    Menino carregava uma mochila, um saco plástico e um passaporte, e tinha um número de telefone escrito na mão, segundo o Ministério eslovaco

    Menino chega à Eslováquia após fugir da Ucrânia
    Menino chega à Eslováquia após fugir da Ucrânia Reprodução / Ministério do Interior da República Eslovaca

    Ivana Kottasováda CNN*

    Um menino de Zaporizhzhia, no sudeste da Ucrânia, foi aclamado “um herói da noite” pelas autoridades eslovacas, que disseram que ele cruzou a fronteira da Ucrânia para a Eslováquia por conta própria.

    O menino de 11 anos carregava uma mochila, um saco plástico e um passaporte, e tinha um número de telefone escrito na mão, segundo o Ministério do Interior eslovaco. 

    “Ele veio sozinho porque seus pais tiveram que ficar na Ucrânia. Voluntários cuidaram dele, o levaram para um lugar quente e lhe deram comida e bebida”, disse o ministério.

    O comunicado, publicado na página do Facebook do ministério no sábado (5), dizia que graças às informações escritas na mão do menino e em um pedaço de papel dobrado em seu passaporte, os funcionários da fronteira conseguiram entrar em contato com os parentes do menino na Eslováquia, que puderam então buscá-lo.

    “Ele conquistou a todos com seu sorriso, destemor e determinação dignos de um verdadeiro herói”, dizia o comunicado. Não está claro por que o menino estava desacompanhado.

    Menino chega à Eslováquia após fugir da Ucrânia / Ministério da República Eslovaca

    Em um vídeo nas redes sociais, publicado no domingo (6) e também compartilhado pelo ministério eslovaco, a mãe do menino agradeceu à população da Eslováquia pelo suporte ao seu filho.

    Ela não pode acompanha-lo e teve que ficar para trás para cuidar de sua mãe, que tem limitações de mobilidade.

    “O menino foi transportado para Bratislava [capital da Eslováquia] para encontrar sua família. Ele está bem!”, acrescentou o Ministério do Interior.

    A CNN não pôde verificar independentemente este caso individual, mas mais de 1,5 milhão de refugiados já deixaram a Ucrânia desde 24 de fevereiro, de acordo com a ONU em 3 de março. De todos refugiados que fugiram, a maioria deles cruzou para a Polônia. Outros foram para países como Hungria, Eslováquia, Moldávia e Romênia.

    Veja o gráfico:

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original