Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Imagens de satélite mostram que não há danos extensos na base iraniana que teria sido atacada por Israel

    Material foi obtido com exclusividade pela CNN; agência de notícias do Irã diz que único dano causado pelo ataque foram janelas quebradas em edifícios de escritórios

    Imagens obtidas com exclusividade pela CNN mostram que não há danos aparentes no local que teria sido atacado por Israel no Irã
    Imagens obtidas com exclusividade pela CNN mostram que não há danos aparentes no local que teria sido atacado por Israel no Irã SAR data © 2024 Umbra Space, Inc./CNN

    Paul P. Murphyda CNN

    Imagens de satélite obtidas com exclusividade pela CNN revelam que, aparentemente, não há danos extensos na base aérea iraniana que teria sido alvo de um ataque militar israelense nesta sexta-feira (19). As imagens são da companhia Umbra Space.

    As imagens de satélite do radar de abertura sintética (SAR) foram obtidas por volta das 10h18, horário local.

    Não parece haver grandes crateras no solo e não há edifícios aparentemente destruídos. Serão necessárias imagens visuais adicionais de satélite para verificar indícios de incêndios –que não podem ser vistos por imagens SAR– em torno do complexo.

    As imagens SAR são criadas por um satélite que transmite feixes de radar capazes de passar pelas nuvens. Esses feixes de radar refletem em objetos no solo e ecoam de volta para o satélite.

    A agência de notícias iraniana FARS disse que um radar do exército na base militar da província de Isfahan era um dos possíveis alvos e que o único dano causado pelo ataque foram janelas quebradas em vários edifícios de escritórios.

    As imagens também mostram que os jatos F-14 Tomcats iranianos que estiveram estacionados na base aérea no passado não estão lá neste momento. Imagens adicionais de arquivo de satélite analisadas pela CNN mostram que esses aviões não estão lá há algum tempo.