Isaias chega à Carolina do Norte como furacão de categoria 1 e causa morte

Como esperado, fenômeno foi elevado de tempestade tropical para furacão conforme avança pelos EUA. Há alerta para o risco de enchentes e fortes rajadas

Camila Rincon,

da CNN

Ouvir notícia

O furacão Isaias chegou nesta segunda-feira (3) à região próxima de Ocean Isle Beach, na Carolina do Norte, de acordo com o National Hurricane Center (NHC). Pelo menos uma pessoa morreu no estado.

Com ventos de mais de 136 km/h, o fenômeno causou chuvas torrenciais e inundações, que afetaram estradas e residências. Equipes de resgate ainda trabalham retirando moradores e para avaliar o estrago. 

A região da Costa Leste segue em estado de alerta para a passagem do furacão, que pode mudar de categoria a qualquer momento.

O Isaias migrou de uma tempestade tropical para ser classificado como um furacão de categoria 1 na escala Saffir-Simpson. As principais ameaças continuam sendo chuvas fortes, enchentes, tempestades, fortes rajadas de vento e tornados isolados.

Leia também:
Professores fazem carreatas contra volta às aulas nos EUA

O fortalecimento de Isaias a um furacão havia sido projetado e os impactos previstos não mudaram significativamente em comparação com o que era esperado na véspera. As inundações costeiras causadas pela tempestade, pequenos danos causados pelo vento e inundações no interior ainda podem ocorrer devido às fortes chuvas que podem ocorrer nas Carolinas na noite de segunda-feira.

A ameaça de ventos e inundações com força de tempestades tropicais continuará no meio do Atlântico e nordeste americano na terça-feira.

Um alerta de furacão está em vigor desde a área de South Santee River, na Carolina do Sul, até Surf City, Carolina do Norte, informou o NHC em sua atualização da última noite. O aviso significa que as condições de um furacão são esperadas em algum lugar dentro da área coberta pela medida.

A tempestade em algumas partes sob o aviso de furacão também é projetada para atingir 1,5 metros.

Depois de chegar à terra firme, o Isaias deverá enfraquecer gradualmente, mas poderá trazer ventos fortes ao longo da costa leste na terça-feira, inclusive em Washington, Filadélfia e Nova York. Para a Filadélfia, são previstos ventos de 96 a 104 quilômetros por hora, enquanto Nova York deve registrar ventos de 104 a 112 quilômetros por hora.

O Isaias pode trazer os ventos mais fortes para a cidade de Nova York desde a Superstorm Sandy, há quase oito anos, segundo Ross Dickman, meteorologista encarregado do escritório do Serviço Nacional de Meteorologia (NWS) da cidade. .

“Os impactos do vento e das inundações de Isaias serão semelhantes ao que a cidade experimentou durante algumas das tempestades costeiras mais fortes”, acrescentou.

Mapa mostra expectativa de velocidade de ventos pelo furacão Isaias
Mapa mostra expectativa de velocidade de ventos pelo furacão Isaias na noite de segunda-feira (cores mais próximas do roxo indicando ventos mais intensos)
Foto: NHC/ Reprodução

Mais Recentes da CNN