Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Israel revê vetos e autoriza saída de 16 brasileiros e familiares de Gaza

    Itamaraty espera até 30 pessoas na próxima missão da Força Aérea Brasileira, ainda sem data definida

    Aeronave da FAB que buscou brasileiros e familiares que estavam na Faixa de Gaza
    Aeronave da FAB que buscou brasileiros e familiares que estavam na Faixa de Gaza Divulgação/FAB

    Jussara Soaresda CNN

    Brasília

    Israel autorizou que mais 16 brasileiros e familiares palestinos a deixem a Faixa de Gaza. Com isso, apenas oito nomes da segunda lista de pedidos de repatriação seguem proibidos de deixar a região.

    No último dia 8, Israel vetou 24 nomes enviados pelo Brasil. A proibição fez boa parte das pessoas desistirem na última hora, visto que não queriam deixar parentes para trás. No fim das contas, só 47 das 102 pessoas que pediram resgate retornaram ao Brasil.

    Com a atualização, o Itamaraty espera entre 20 e 30 pessoas na próxima missão da Força Aérea Brasileira, ainda sem data definida.

    O pedido de revisão dos vetos foi feito pessoalmente pelo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, ao chanceler de Israel, Eli Cohen, durante reunião em Buenos Aires, no dia 9 deste mês. Os dois participaram da posse do presidente argentino Javier Milei, no dia 10 de dezembro.

    No encontro, que aconteceu na embaixada brasileira em Buenos Aires, Vieira intercedeu para que a chancelaria israelense falasse com os órgãos de segurança responsáveis pela análise dos pedidos. Cohen prometeu verificar a situação e dar uma resposta ao Brasil, o que de fato aconteceu agora.