Israel sediará concurso do Miss Universo conforme programado, apesar de variante

Ministro do Turismo afirma que o evento ocorrerá no dia 12 de dezembro, e que os participantes podem ser submetidos a medidas de precaução por conta da nova cepa de Covid

Pascal Guyot/AFP/Getty Images

Da Reuters

Ouvir notícia

Israel sediará o concurso de beleza Miss Universo no dia 12 de dezembro, apesar de impor restrições a viagens em uma tentativa de evitar a variante Ômicron, informou o ministro do Turismo, Yoel Razvozov, neste domingo (28).

Razvozov afirmou que os participantes do concurso, que será realizado no resort do Mar Vermelho de Eilat, podem ser submetidos a testes de PCR a cada 48 horas e outras medidas de precaução.

Israel anunciou neste sábado (27) a proibição de entrada de estrangeiros no país, após detectar a nova variante no país um dia antes.

“Este é um evento que será transmitido em 174 países, um evento muito importante, do qual Eilat também precisa muito”, disse Razvozov a jornalistas.

“Saberemos administrar esse evento. Então, usando o comitê de dispensas, teremos eventos como esse, com os quais o país já se comprometeu e que não podemos cancelar”, completou Razvozov.

Mais Recentes da CNN