Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Itália se prepara para primeira grande onda de calor do ano

    Massa de ar quente vinda da África deve pode fazer termômetros passarem dos 35 graus

    Turistas se refrescam em Roma, em meio ao calor
    Turistas se refrescam em Roma, em meio ao calor Reuters

    Fabiano FranchittiGabriele Pilerida Reuters

    A Itália se prepara para a primeira grande onda de calor nesta sexta-feira (7) alimentada pela chegada do primeiro anticiclone africano ‘Scipione’.

    Os termômetros da capital atingiram cerca de 32 graus Celsius, com o vento quente de Scipione vindo do Norte da África piorando as coisas para os moradores e turistas.

    De acordo com as previsões meteorológicas, a onda de calor africana deve atingir seu pico nas regiões central e norte no sábado (8), enquanto nas regiões do sul as temperaturas atingirão 33 graus no Vale do Pó, 32-34 graus nas regiões centrais e 38 graus na Sardenha, com valores generalizados de 35-36 graus na Sicília.

    Maio de 2024 foi o mês mais quente já registrado globalmente desde meados do século XIX, de acordo com o serviço meteorológico europeu Copernicus, representando o décimo segundo mês consecutivo com temperaturas recordes.