Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Japão: voo retorna a aeroporto após passageiro morder comissária de bordo

    Aeronave seguia para os EUA; funcionária da companhia aérea sofreu ferimentos leves

    Logo da companhia aérea japonesa ANA no aeroporto internacional de Tóquio
    Logo da companhia aérea japonesa ANA no aeroporto internacional de Tóquio 27/10/2020 REUTERS/Kim Kyung-Hoon

    Francesca AnnioJessie YeungJunko OguraMihir Melwanida CNN

    Um passageiro americano teria mordido uma comissária de bordo em um voo na terça-feira (16), saindo do Japão. O avião da All Nippon Airways (ANA) ia para Seattle, mas teve que retornar a Tóquio, disse um porta-voz da companhia aérea.

    O voo ANA 118 partiu do Aeroporto de Haneda, em Tóquio, às 21h47, horário local. A informação é do site de rastreamento de voos Flightradar24.

    Um porta-voz da ANA disse à CNN que o passageiro foi detido pela polícia depois que o avião pousou na capital japonesa. Ele não foi identificado.

    A comissária de bordo sofreu ferimentos leves, disse o porta-voz.

    O Departamento de Polícia Metropolitana de Tóquio se recusou a fornecer mais detalhes sobre o caso.

    Não é o primeiro caso de mordida no em voos. Em 2022, dois passageiros receberam multas por agredir e morder a tripulação e outros passageiros em voos separados com as companhias americanas American Airlines e Delta Air Lines.

    Eles foram multados em cerca de US $81 mil (R$404 mil) e cerca de US $77 mil (R$381 mil) , respectivamente – as duas maiores penalidades já cobradas pela Administração Federal de Aviação contra passageiros individuais por ações em aeronaves.

    Vários incidentes foram relatados neste mês de mau comportamento e agressão de passageiros – incluindo um voo da American Airlines que foi desviado para um aeroporto do Texas em 3 de janeiro depois que um passageiro supostamente socou um comissário de bordo e agrediu pelo menos um policial.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original