Joe Biden anuncia 13 bilhões de dólares de auxílio à Ucrânia e aliados

Pacote de financiamento emergencial se destinará à assistência humanitária, de defesa e econômica

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden
Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden Getty Images

Renata Souzada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O presidente dos EUA, Joe Biden, confirmou em entrevista coletiva nesta terça-feira (15) a aprovação do projeto de financiamento que destina 13,6 bilhões de dólares à Ucrânia e aliados na guerra.

A invasão da Rússia “uniu pessoas em toda a América, uniu nossos dois partidos no Congresso e uniu o mundo amante da liberdade para agir com urgência e resolver o que estamos fazendo agora, que você me deu a capacidade de fazer”, disse Biden, reconhecendo os legisladores na sala.

“Quero agradecer à liderança do Congresso por trabalhar tão rapidamente para garantir que tenhamos os recursos de que precisamos – econômicos, humanitários e de segurança para continuar nossa resposta vigorosa a esta crise”, acrescentou.

O projeto foi aprovado pelo Senado na última quinta-feira em uma votação bipartidária com placar de 68 a 31. O valor será reservado para assistência humanitária, de defesa e econômica. O projeto de lei também inclui disposições para aplicação de sanções.

O pacote emergencial reserva US$ 4 bilhões para ajudar os refugiados que fugiram ou foram deslocados dentro do país e aumenta a autoridade do presidente para a transferência de equipamentos de defesa para a Ucrânia e outras nações aliadas para US$ 3 bilhões, de acordo com uma folha informativa da Comissão de Orçamentos da Câmara.

*Com informações da CNN Internacional

Mais Recentes da CNN