Jornalista diz ter pedido demissão de TV estatal russa devido à guerra na Ucrânia

Zhanna Agalakova disse acreditar que a televisão russa está sendo usada para propaganda do Kremlin; governo russo não respondeu a um pedido de comentário

Jornalista russa que trabalhava no canal estatal russo Channel One Zhanna Agalakova dá entrevista em Paris22/03/2022REUTERS/Noemie Olive
Jornalista russa que trabalhava no canal estatal russo Channel One Zhanna Agalakova dá entrevista em Paris22/03/2022REUTERS/Noemie Olive REUTERS

Christian Loweda Reuters

Ouvir notícia

Zhanna Agalakova, jornalista que atuava na emissora estatal russa Channel One, disse nesta terça-feira (22) que pediu demissão em protesto contra a guerra que está sendo travada pela Rússia na Ucrânia.

Agalakova, ex-revisora ​​do canal, que, no momento da demissão, era correspondente da emissora em Paris, afirmou em entrevista coletiva na capital francesa: “Quando falei com meus chefes, disse que não poderia mais fazer esse trabalho”.

“Deixei o Channel One precisamente porque a guerra começou”, pontuou.

Ela disse acreditar que a televisão russa está sendo usada para espalhar propaganda do Kremlin e que as autoridades há anos sufocam a mídia independente.

Agalakova adicionou que queria que os russos ouvissem sua mensagem, parassem de se deixar “zumbificar” pela propaganda e começassem a buscar fontes alternativas de informação.

O Kremlin não respondeu imediatamente a um pedido da Reuters para comentar as declarações da jornalista.

Mais Recentes da CNN