Russo vencedor do Nobel da Paz leiloará medalha para ajudar refugiados ucranianos

Dmitry Muratov, editor-chefe do Novaya Gazeta, venceu o prêmio em 2021 por defender a liberdade de expressão na Rússia

Eoin McSweeneyda CNN

Ouvir notícia

O jornal independente russo Novaya Gazeta vai leiloar a medalha do Prêmio Nobel da Paz conquistada por seu editor-chefe, Dmitry Muratov, em ajuda aos refugiados ucranianos.

Em um comunicado publicado no site do jornal nesta terça-feira (22), Muratov disse que as multidões de “crianças feridas e doentes” que precisavam de “tratamento urgente” o obrigaram a oferecer a prestigiosa medalha.

Muratov, cofundador da Novaya Gazeta, ganhou o Prêmio Nobel da Paz em outubro de 2021 devido a sua incansável defesa da liberdade de expressão na Rússia.
O editor-chefe destacou no comunicado a necessidade urgente de um cessar-fogo, troca de prisioneiros e provisão de corredores humanitários.

Os lucros da venda da medalha serão destinados à Fundação de Assistência aos Refugiados Ucranianos, uma organização não governamental que se esforça para “fornecer apoio moral e material aos refugiados da Ucrânia“.

Mais de 3,5 milhões de refugiados já deixaram o país do Leste Europeu, de acordo com a última atualização da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

Muratov concluiu sua declaração solicitando às casas de leilões uma “resposta que oferecerá este prêmio conhecido em todo o mundo”.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN