Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Kiev inicia ofensiva em Bakhmut após meses na defensiva, diz oficial ucraniano

    De acordo com os relatos, forças entraram em “fase ofensiva ativa” em torno da cidade, forçando a retirada de unidades militares russas. Tropas de Moscou seguem bombardeando a região 

    Fumaça sobe após explosão em meio a ataque russo na cidade ucraniana de Bakhmut
    Fumaça sobe após explosão em meio a ataque russo na cidade ucraniana de Bakhmut 07/05/2023 Adam Tactic Group/Divulgação via REUTERS

    Tim ListerJosh PenningtonJulia Kesaievada CNN

    Um oficial ucraniano afirmou, nesta quinta-feira (11), que a Ucrânia estava em uma “fase ofensiva ativa” em torno de Bakhmut, após meses de ação principalmente defensiva.

    Um deles, Sasha Simonov, disse que unidades da 4ª Brigada do Exército da Rússia se retiraram de uma área a oeste da cidade. Isso é consistente com os relatórios ucranianos de avanços no início desta semana.

    Caças ucranianos também tentaram um avanço perto de Bohdanivka, que fica a noroeste de Bakhmut, disse Simonov.

    Os militares ucranianos dizem que a Rússia lançou quase 50 ataques aéreos no último dia, enquanto intensos combates pressionam as posições avançadas russas a oeste da cidade de Bakhmut.

    O Estado-Maior dos militares disse na quinta-feira que a Rússia também realizou seis ataques com mísseis.

    As forças russas continuam avançando em torno de Bakhmut e realizaram vários ataques aéreos na área, disseram os militares de Kiev. Mas as forças ucranianas exploraram lacunas nos flancos russos ao sul e oeste da cidade para recapturar algum território, de acordo com o Estado-Maior.

    Ucrânia
    Forças especiais ucranianas preparam suas armas na região de Bakhmut / REUTERS/Kai Pfaffenbach

    “No momento, eventos dinâmicos estão ocorrendo nos flancos sul e norte de Bakhmut, mas não falaremos sobre o resultado ainda”, disse o Maj. Maksym Zhorin no Telegram.

    Os esforços da Rússia para avançar no leste da Ucrânia estão concentrados em quatro partes da linha de frente na região de Donetsk, disseram os militares ucranianos. A Rússia falhou em esforços recentes para invadir a cidade de Lyman, em Donetsk, acrescentou.

    Na região nordeste de Kharkiv, parece que houve menos combates em torno de Kupyansk, que a Rússia frequentemente alvejava com bombardeios e ataques terrestres no início deste ano, disse o Estado-Maior.