Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Kiev ultrapassa 1.000 horas de sirenes de ataques aéreos durante invasão russa

    Número equivale a um mês e meio de alertas sonorosos desde o início da guerra pela Rússia em 2022, segundo chefe da administração militar da capital

    Pessoas se escondem no metrô enquanto uma sirene de ataque aéreo alerta sobre ataques aéreos da Rússia em 26 de julho de 2023 em Kiev, Ucrânia
    Pessoas se escondem no metrô enquanto uma sirene de ataque aéreo alerta sobre ataques aéreos da Rússia em 26 de julho de 2023 em Kiev, Ucrânia Yan Dobronosov/Global Images Ucrânia via Getty Images

    Olga VoitovychManveena Surida CNN

    As sirenes de ataque aéreo em Kiev soaram há mais de 1.000 horas desde que a invasão em grande escala da Rússia começou, em fevereiro do ano passado, segundo uma autoridade ucraniana após o último ataque de Moscou à capital.

    “A capital já ultrapassou a marca de 1.000 horas de alarmes antiaéreos desde o início da invasão em grande escala!”, disse Serhii Popko, chefe da administração militar da cidade de Kiev, em uma postagem no Telegram nesta quinta-feira.

    “Imaginem: um mês e meio de alarmes contínuos de ataques aéreos! Sobrevivemos e superaremos muito mais juntos!”

    Veja também: Zelensky acusa Rússia de genocídio e diz que país faz chantagem com a Ucrânia

    Sete pessoas, incluindo uma menina de 9 anos, ficaram feridas em ataques aéreos russos nesta quinta-feira (21), que causaram danos e cortes de energia em vários distritos, disseram as autoridades ucranianas.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original