Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Kremlin diz que Rússia fortalecerá fronteira ocidental para deter eventual ataque

    Dmitry Peskov afirmou à rede de televisão da Belarus que nações não identificadas estão intensificando potencial militar perto das fronteiras russas

    Porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov
    Porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov Evgenia Novozhenina/Reuters (19.dez.2020 )

    David Ljunggrenda Reuters

    Ouvir notícia

    O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse nesta sexta-feira (1º) que o presidente russo, Vladimir Putin, ordenou que os militares reforcem as fronteiras ocidentais do país para que ninguém jamais pense em lançar um ataque.

    Peskov declarou à principal rede de televisão da vizinha Belarus que nações não identificadas estão fortalecendo seu potencial militar perto das fronteiras ocidentais da Rússia. O ministro da Defesa, Sergei Shoigu, estava trabalhando em um plano de segurança, disse.

    “É claro que isso será feito de forma a nos tornar seguros e garantir que alcancemos o nível necessário de paridade para que não passe pela cabeça de ninguém… nos atacar”, disse ele.

    Putin enviou tropas em 24 de fevereiro para o que ele chama de “operação militar especial” para desmilitarizar a vizinha Ucrânia, no sudoeste da Rússia. Os países ocidentais chamam isso de uma guerra de agressão não provocada.

    Mais Recentes da CNN