Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula fala com os EUA sobre realização de evento com sindicalistas em Nova York

    Presidente sugere que os países realizem um encontro, em setembro, em paralelo à Assembleia-Geral da ONU

    Lula em evento das centrais sindicais no feriado do 1º de Maio de 2023, em São Paulo
    Lula em evento das centrais sindicais no feriado do 1º de Maio de 2023, em São Paulo Wagner Vilas/Enquadrar/Estadão Conteúdo

    Priscila Yazbek

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu em Bruxelas com ex-senador Chris Dodd, emissário do presidente dos Estados Unidos, na manhã desta segunda-feira (17). Segundo as informações divulgadas pelo governo brasileiro, os dois países falaram sobre a possibilidade de realizar um encontro em Nova York com a presença de sindicalistas.

    “Eles conversaram sobre questões relacionadas a trabalho e emprego, e sobre a possibilidade de os dois países organizarem um evento conjunto sobre o tema, com a participação de entidades sindicais do Brasil e dos EUA”, disse o governo brasileiro em nota.

    VÍDEO – A europeus, Lula diz que guerra canaliza recursos essenciais para fins bélicos

    A reunião com o representante americano foi um dos encontros bilaterais realizados na cúpula da Celac e da União Europeia, que reúne as 33 nações que integram a Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac) e os 27 da União Europeia (UE).

    Segundo o comunicado oficial, o encontro poderia ser realizado em Nova York, na semana da realização da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em setembro.

    O presidente Lula também renovou o convite para que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, visite o Brasil.