Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mais de mil são presos em atos pró-Palestina nos EUA

    Manifestantes estão acampados em universidades de todo o país desde 18 de abril

    Manifestantes pró-palestinos enfrentam policiais na universidade de Austin
    Manifestantes pró-palestinos enfrentam policiais na universidade de Austin REUTERS

    Da CNN

    Mais de mil manifestantes foram presos desde 18 de abril, data que marca o início dos protestos pró-Palestina em universidades dos Estados Unidos. 

    Estudantes e professores pedem por um cessar-fogo imediato em Gaza e o rompimento de relações das instituições de ensino com empresas israelenses.

    Universidades dos Estados Unidos que enfrentam protestos contra a guerra em Gaza / Reprodução/ CNN

    Os manifestantes foram presos em 25 universidades, em pelo menos 21 estados americanos. No entanto, outras escolas também enfrentam protestos, mas sem registros de prisões.

    Em apenas uma noite, mais de 100 pessoas foram detidas na Universidade de Nova York (NYU). A Universidade de Columbia, também em Nova York, se tornou o epicentro dos protestos e estudantes foram suspensos pela direção da escola.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original