Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mais de 100 milhões de pessoas nos EUA estão sob alerta de calor

    Cidades se preparam para as temperaturas que podem ultrapassar 40 °C

    Dalia FaheidSamantha Beechda CNN

    Uma perigosa onda de calor trará altas temperaturas para grande parte dos Estados Unidos neste fim de semana, especialmente em partes do Vale de Ohio e do meio do Atlântico.

    Mais de 100 milhões de americanos estão sob alerta do calor para o final de semana. Na capital Washington, DC, termômetros devem ultrapassar a marca dos 37 °C pela primeira vez desde 2016.

    Além do forte calor, um novo sistema tropical pode se desenvolver rapidamente neste final de semana, seguindo os passos de sistema tropical Alberto.

    Embora não se espere que esse sistema seja tão grande quanto o Alberto, ele pode trazer mais chuvas para o sul do Texas e provocar novas enchentes na área e ao longo da Costa do Golfo.

    Onda de calor se intensifica e expande

    A onda de calor deve ser expandir para novas áreas e se intensificar em outras nos Estados Unidos, possibilitando mais recordes de altas temperaturas durante o fim de semana.

    O calor extremo e a umidade devem elevar a sensação térmica para 37 a 40 °C em áreas extensas, com possibilidade de chegar a 43 °C no sul do Meio Atlântico.

    O calor em Washington, DC, pode chegar à casa dos 40 °C neste sábado (22) e no domingo (23), marca que seria registrda pela primeira vez em oito anos.

    A prefeita da cidade, Muriel Bowser, declarou que o alerta de emergência de calor será mantido durante o fim de semana e na próxima semana.

    O Serviço Nacional de Meteorologia destacou que temperaturas na casa dos 32 °C e até mesmo de 40 °C podem ser registradas por lá.

    Alerta em Nova York

    A onda de calor prolongada é uma preocupação séria para diversas regiões.

    Os moradores da cidade de Nova York podem enfrentar temperatura de 32 °C ou mais neste fim de semana, ou no início da próxima semana.

    Pela primeira vez neste ano, o Serviço Meteorológico Nacional americano emitiu um aviso de calor para a cidade.

    A governadora Kathy Hochul anunciou na terça-feira (18) a abertura do centro de operações de emergência do estado, que, segundo ela, monitorará as condições e compartilhará recursos com a equipe de gerenciamento de emergência dos 62 condados.

    Além disso, no início da semana, o prefeito da cidade de Nova York, Eric Adams, pontuou que centros de resfriamento serão abertos em toda a cidade.

    *Allison Chinchar, Eric Zerkel, Brandon Miller, Taylor Ward, Sara Tonks, Taylor Galgano, Andy Rose e Josh Campbell, da CNN, contribuíram para esta reportagem