Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Manifestantes protestam na França após vitória da ultradireita no 1º turno das eleições

    Pessoas dispararam foguetes em Paris enquanto marchavam pelas ruas da cidade, passando por bombas de gás lacrimogêneo e latas de lixo em chamas

    Manifestantes se reúnem na Place de la Republique, para protestar contra o crescente movimento de direita após a vitória do Reunião Nacional no primeiro turno das eleições gerais antecipadas em Paris, França, em 30 de junho de 2024
    Manifestantes se reúnem na Place de la Republique, para protestar contra o crescente movimento de direita após a vitória do Reunião Nacional no primeiro turno das eleições gerais antecipadas em Paris, França, em 30 de junho de 2024 Mohamad Salaheldin Abdelg Alsayed/Anadolu via Getty Images

    Da Reuters

    Dezenas de manifestantes reuniram-se na capital francesa na noite deste domingo (30), após os resultados iniciais do primeiro turno de uma eleição parlamentar que apontou o Reunião Nacional (RN), o partido de ultradireita de Marine Le Pen, como vencedor.

    Os manifestantes dispararam foguetes em Paris enquanto marchavam pelas ruas da cidade, passando por bombas de gás lacrimogêneo fumegantes e latas de lixo em chamas.

    O RN foi visto ganhando cerca de 34% dos votos, mostraram as pesquisas de saída da Ipsos, Ifop, OpinionWay e Elabe, em um enorme revés para o presidente Emmanuel Macron, que convocou as eleições antecipadas depois que sua chapa foi derrotada pelo RN nas eleições para o Parlamento Europeu no início deste mês.

    As chances do RN de ganhar o poder na próxima semana dependerão dos acordos políticos feitos pelos seus rivais nos próximos dias. No passado, partidos de centro-direita e centro-esquerda uniram-se para manter o RN fora do poder, mas essa dinâmica, conhecida como “frente republicana”, é menos certa do que nunca.

    (Produzido por Abdul Saboor e Feline Lim)