Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Massa aprofunda campanha do medo contra Milei em reta final tensa na Argentina

    A três dias da ida às urnas no segundo turno argentino, equipe do candidato peronista explora temas como venda de armas e comercialização de órgãos

    Clarissa Oliveirada CNN

    São Paulo

    Em uma reta final marcada pela tensão na eleição argentina, o time de Sergio Massa vai usar suas últimas fichas para impulsionar ainda mais a campanha de medo lançada contra o rival Javier Milei.

    Nos vídeos produzidos para os dias que antecedem a ida às urnas, marqueteiros do ministro decidiram explorar temas polêmicos que aparecem no discurso do adversário, como a flexibilização das leis sobre armas e liberação da venda de órgãos.

    Os vídeos obtidos pela CNN investem em tom fortemente emocional, idealizados pela equipe integrada por marqueteiros brasileiros indicados pelo PT.

    Uma das peças, que trata da flexibilização de armas, mostra imagens de discussões entre duas pessoas em diversas situações.

    As imagens são intercaladas com a mensagem “E se qualquer um pudesse ter armas?”.

    Acompanhadas de cenas de Milei defendendo a liberação total no setor, as mesmas imagens ressurgem com os personagens empunhando armas com sons de disparos e gritos ao fundo.

    Campanha de Sergio Massa diz, na propaganda polícia, que haveria a possibilidade de comércio de órgãos na Argentina em um eventual governo Javier Milei
    Campanha de Sergio Massa diz, na propaganda polícia, que haveria a possibilidade de comércio de órgãos na Argentina em um eventual governo Javier Milei / Reprodução

    Outra peça sugere que o programa de Milei alimentaria uma onda de sequestros e assassinatos para subsidiar um mercado ilegal de compra e venda de órgãos.

    A campanha peronista mostra cenas de uma criança sendo sequestrada seguida da mensagem: “Garoto, 16 anos, coração: 600 mil dólares. Se Milei cumpre sua promessa de liberar a venda de órgãos, qualquer um pode ser uma mercadoria”.

    Imagem em propaganda de Sergio Massa faz relação entre Margareth Thatcher e Javier Milei: "quem admira os algozes do passado desonra nossa bandeira"
    Imagem em propaganda de Sergio Massa faz relação entre Margareth Thatcher e Javier Milei: “quem admira os algozes do passado desonra nossa bandeira” / Reprodução

    Ontem, a campanha de Massa gerou repercussão ao criar um vídeo com imagens geradas com inteligência artificial, reproduzindo o bombardeio do cruzador argentino ARA Belgrano durante a Guerra das Malvinas. As cenas têm como protagonista Margareth Thatcher, exaltada por Milei durante o último debate presidencial.

    A “dama de ferro” é retratada dando a ordem para o abatimento do navio, o que resultou na morte de mais de 300 soldados argentinos, em um dos episódios de guerra mais emblemáticos da história do país.

    Um segundo vídeo explorando o vínculo de Milei com Thatcher também está previsto para circular nesta reta final da campanha.

    Tópicos

    Tópicos