Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Matthew Perry, o Chandler de “Friends”, é encontrado morto aos 54 anos

    Ator ficou conhecido por dar vida a um dos protagonista de uma das séries de TV de maior sucesso mundial dos anos 1990

    Lisa Respers FranceCheri MossburgJosh Campbellda CNN

    Matthew Perry, o amado ator que estrelou Chandler Bing em “Friends”, morreu. Ele tinha 54 anos.

    A polícia de Los Angeles está investigando a morte de Perry, disse uma fonte policial à CNN.

    Atualmente não há suspeita de crime, disse a fonte, no entanto, o incidente continua sob investigação pela Divisão de Roubos e Homicídios do Departamento de Polícia de Los Angeles.

    Perry morreu em um aparente acidente de afogamento em sua casa em Los Angeles neste sábado (28), de acordo com o Los Angeles Times, citando fontes policiais.

    “Estamos arrasados ​​com o falecimento do nosso querido amigo Matthew Perry. Matthew era um ator incrivelmente talentoso e uma parte indelével da família Warner Bros”, disse o grupo de televisão Warner Bros em comunicado à CNN.

    “O impacto de seu gênio cômico foi sentido em todo o mundo, e seu legado viverá no coração de muitas pessoas. Este é um dia de partir o coração e enviamos nosso amor à sua família, aos seus entes queridos e a todos os seus fãs devotos”, completou a Warner.

    O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Los Angeles, Brian Humphrey, disse à CNN que uma ligação para o 911 chegou às 16h07 (horário local) para uma emergência de resgate na água.

    Os representantes de Perry não responderam aos pedidos de comentários da CNN.

    A NBC, rede que exibiu “Friends” por 10 anos, repercutiu o falecimento de Perry, que classificaram como prematuro.

    “Ele trouxe muita alegria para centenas de milhões de pessoas ao redor do mundo com seu timing cômico perfeito e humor irônico. Seu legado viverá por inúmeras gerações”.

    Já o perfil oficial da série afirmou que estavam “devastados”.

    “Ele foi um verdadeiro presente para todos nós. Nosso coração está com sua família, entes queridos e todos os seus fãs”, destacaram em publicação no Instagram.

    Perry deixa seus pais.

    Quem foi Matthew Perry

    Nascido em Williamstown, Massachusetts, filho de pai ator e mãe jornalista, Perry foi morar com a mãe em Ottawa, no Canadá, ainda jovem, após a separação de seus pais.

    Ao crescer, Perry perseguiu sua paixão pelo tênis e se tornou um tenista de primeira linha no Canadá. Assim como seu pai, também desenvolveu interesse em atuar, depois que se mudou para Los Angeles quando era adolescente para morar com ele.

    O primeiro trabalho creditado de Perry foi um pequeno papel no drama “240-Robert” em 1979. A partir daí, outros pequenos trabalhos surgiram em programas como “Charles in Charge”, “Silver Spoons” e “The Tracey Ullman Show”.

    Seu primeiro papel no cinema foi ainda no ensino médio, contracenando com River Phoenix no filme de 1988 “Uma Noite na Vida de Jimmy Reardon”.

    Um ano antes do lançamento do filme, ele estrelou a sitcom “Second Chances” (mais tarde renomeada como “Boys Will Be Boys”), sobre um homem que morre e retorna à terra para ser o mentor de seu eu mais jovem, interpretado por Perry.

    A série não conseguiu encontrar seu público, mas Matthew Perry continuou conseguindo papéis de destaque em projetos de TV, incluindo “Growing Pains”, “Who’s The Boss” e “Beverly Hills, 90210” (Barrados no Baile).

    Fama com “Friends”

    Mas foi o papel do afável e sarcástico Chandler na sitcom “Friends”, em 1994, que tornou  Matthew Perry famoso.

    O personagem peculiar lhe rendeu uma indicação ao Primetime Emmy, em 2002. Ele também recebeu outras quatro indicações para o prestigiado prêmio de atuação na TV, incluindo duas por sua vez como Joe Quincy em “The West Wing”.

    Em “Friends”, Perry estrelou ao lado de Courteney Cox, Matt LeBlanc, David Schwimmer, Jennifer Aniston e Lisa Kudrow uma comédia sobre um grupo unido de amigos que mora na cidade de Nova York.

    O grupo se tornou presença constante na incomparável programação “Must-See TV”, da NBC, conseguindo um nível de fama raramente visto na televisão ou em qualquer outro lugar.

    Fora das telas, os atores se tornaram tão próximos quanto seus personagens no programa e negociaram juntos para se tornarem alguns dos atores mais bem pagos de uma série de televisão da época.

    O programa ajudou a impulsionar a carreira de Perry, e ele logo conseguiu papéis na tela grande em “Fools Rush In”, de 1997, “Almost Heroes” em 1998 e “The Whole Nine Yards” em 2000.

    Embora “Friends” fosse a série de TV mais conhecida em que atuou, Perry também estrelou “Studio 60 on the Sunset Strip”, “Mr. Sunshine” e “The Odd Couple”.

    Livro de memórias e polêmicas

    Em novembro de 2022, ele publicou um livro de memórias intitulado “Friends, Lovers, and the Big Terrible Thing: A Memoir”.

    Nele, Perry revelou que seu abuso de opioides levou à ruptura do cólon quando ele tinha 49 anos. Os médicos lhe deram 2% de chance de sobrevivência, segundo o próprio ator, e ele ficou em coma por duas semanas. Em seguida, permaneceu internado por meses no hospital.

    O ator precisou de 14 cirurgias para reparar todos os danos abdominais e admitiu ter ido para a reabilitação 15 vezes, na esperança de se livrar do vício em drogas.

    “O que mais me surpreende é a minha resiliência”, afirmou o artista à People no ano passado, em referência ao livro.

    “A maneira como posso me recuperar de toda essa tortura e horror. Querendo contar a história, mesmo sendo um pouco assustador contar todos os seus segredos em um livro, não deixei nada de fora. Está tudo lá”, pontuou.

    Perry foi sincero sobre sua luta contra o vício, o que aconteceu mesmo no auge de sua carreira.

    “Eu tomava 55 Vicodins [remédio] por dia, pesava 58 quilos, estava em Friends sendo assistido por 30 milhões de pessoas — e é por isso que não consigo assistir ao programa, porque estava brutalmente magro”, explicou Perry em entrevista à CBC no ano passado.

    “Eu não assistia ao programa, e não assisti ao programa, porque poderia dizer: ‘Bebida, opioides, bebida, cocaína’. Eu poderia dizer temporada após temporada, pela minha aparência. É por isso que não quero assistir, porque é isso que eu vejo”, revelou.

    Perry começou a namorar a gerente literária Molly Hurwitz em 2018, ficando noivo dela em 2020. Eles terminaram o noivado em 2021.

    À época, o ator disse em comunicado que “às vezes as coisas simplesmente não funcionam e esta é uma delas. Desejo o melhor a Molly”.

    Homenagens

    O perfil oficial de “Friends” postou uma homenagem a Perry na noite de sábado, escrevendo: “Estamos devastados ao saber do falecimento de Matthew Perry. Ele foi um verdadeiro presente para todos nós.”

    Maggie Wheeler, que interpretou Janice, a namorada “intermitente” de Chandler, no programa, escreveu em seu Instagram: “Que perda. O mundo sentirá sua falta, Matthew Perry. A alegria que você trouxe a tantos em sua vida muito curta continuará viva. Eu me sinto muito abençoada por cada momento criativo que compartilhamos”.

    Selma Blair, que também apareceu em “Friends”, chamou Perry de seu “namorado mais velho” em seu Instagram.

    “Todos nós amávamos Matthew Perry, e eu especialmente. Diariamente. Eu o amava incondicionalmente. E ele eu. E estou quebrada. Coração partido. Bons sonhos, Matty.

    Michael Rapaport, que interpretou Gary em quatro episódios da série, escreveu no X (antigo Twitter) que Perry foi “Sempre tão legal, descolado, tranquilo e talentoso”. Ele acrescentou: “Você faz parte da cultura americana e viverá para sempre”.

    A co-estrela de “Odd Couple” de Matthew Perry, Yvette Nicole Brown, escreveu no X que “a família do programa sofreu uma grande perda hoje. Todo o mundo do entretenimento perdeu”.

    Ela também pontuou que o colega “era um amor que merecia mais paz nesta vida. 54 anos é muito jovem para ir.”

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original