Médico pessoal do papa Francisco morre por complicações da Covid-19

Fabrizio Soccorsi tinha 78 anos e foi internado em dezembro por causa de uma doença oncológica; não está claro quando foi último contato dele com o pontífice

Papa Francisco na Missa do Galo (24.dez.2020)
Papa Francisco na Missa do Galo (24.dez.2020) Foto: Reprodução

Livia Borghese, da CNN

Ouvir notícia

O médico pessoal do Papa Francisco, Fabrizio Soccorsi, morreu em decorrência de “complicações devido à Covid-19”, anunciou o jornal do Vaticano L’Osservatore Romano no sábado (9).

O Papa Francisco escolheu Soccorsi como seu médico pessoal em 2015, disse o meio de comunicação. Ele tinha 78 anos.

Assista e leia também:
Papa pede consciência sobre o sofrimento dos outros a quem descumpre isolamento
Papa Francisco doa 4 mil testes de Covid-19 a pessoas sem moradia em Roma

Soccorsi foi hospitalizado em Roma no dia 26 de dezembro por causa de uma doença oncológica anterior, segundo o jornal Avvenire da Conferência Episcopal Italiana. Não está claro quando ele esteve em contato direto com o Papa Francisco pela última vez.

Em entrevista ao canal italiano Canale 5 que foi ao ar na noite de domingo (10), o pontífice disse que o Vaticano começará a vacinação contra Covid-19 na próxima semana e que ele está na fila para receber o imunizante.

(Texto traduzido; leia o original em espanhol)

Mais Recentes da CNN