México aprova uso emergencial de vacina contra Covid-19 da Pfizer

O país já fechou um acordo com a companhia para adquirir 34,4 milhões de doses do imunizante

Ilustração da potencial vacina contra Covid-19 da farmacêutica Pfizer
Ilustração da potencial vacina contra Covid-19 da farmacêutica Pfizer Foto: Dado Ruvic - 30.out.2020/Reuters

Reuters

Ouvir notícia

O México se tornou o quarto país do mundo a aprovar o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech, após obter autorização da agência reguladora Cofepris, informou um funcionário do departamento de Saúde do país nesta sexta-feira (11).

“A Cofepris concedeu uma autorização emergencial para a vacina da Pfizer/BioNTech”, disse Hugo Lopez-Gatell, vice-ministro da Saúde. “Isso é motivo para esperança.”

Assista e leia também:
Bolsonaro segura edição de MP sobre vacinação
Ministério da Saúde diz que não confiscará vacinas adquiridas pelos estados
Governo fecha acordo para comprar vacina da Pfizer

Reino Unido, Bahrein e Canadá já aprovaram essa vacina. A Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, em inglês) concedeu autorização de uso emergencial para os norte-americanos também nesta sexta.

A Cofepris afirmou em um comunicado que concedeu a autorização à Pfizer após 24 membros de seu comitê consultivo votarem a favor da aprovação, de forma unânime.

O governo do México já fechou um acordo com a companhia para adquirir 34,4 milhões de doses da vacina. O primeiro lote deve chegar ainda neste mês.

Nesta sexta, o país registrou 12.253 novos casos de Covid-19 e mais 693 mortes, elevando o total de infecções para 1.229.379 e de vítimas para 113.019.

Mais Recentes da CNN