Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Moradores descobrem vala comum na cidade de Bucha, na Ucrânia, revela equipe da CNN

    CNN viu pelo menos uma dúzia de corpos em sacos empilhados dentro da vala; outras imagens divulgadas no sábado (2) mostraram os corpos de civis espalhados pela rua na cidade

    Danos de áreas de conflito na cidade de Bucha, na Ucrânia, em 03 de abril de 2022
    Danos de áreas de conflito na cidade de Bucha, na Ucrânia, em 03 de abril de 2022 Anadolu Agency/Getty Images

    Fred PleitgenVasco CotovioDaria MarkinaByron Bluntda CNN

    em Bucha, na Ucrânia

    Ouvir notícia

    Uma vala comum foi revelada na cidade de Bucha, nos arredores da capital ucraniana de Kiev, apurou a equipe da CNN.

    Inicialmente, os corpos foram enterrados em túmulos, nos terrenos da Igreja de Santo André e Pyervozvannoho Todos os Santos, nos primeiros dias da guerra, disseram moradores à CNN.

    A CNN viu pelo menos uma dúzia de corpos em sacos empilhados dentro da vala. Alguns já estavam parcialmente cobertos.

    Segundo moradores, mais corpos já estão enterrados no local. Eles disseram que pertencem principalmente a civis mortos nos combates em torno de Bucha.

    Moradores disseram à CNN que cerca de 150 pessoas estão enterradas lá.

    O prefeito de Bucha disse em declarações públicas no sábado (2) que pode haver até 300 vítimas enterradas no local.

    A CNN não conseguiu verificar de forma independe esses números ou as identidades e nacionalidades das pessoas enterradas no túmulo.

    A terra no terreno da igreja parecia ter sido movida recentemente, então é possível que um número maior de corpos esteja enterrado lá. Bucha teve alguns dos combates mais pesados ​​desde o início da guerra.

    Veículos russos destruídos se alinham nas ruas e a maioria das casas foi danificada de alguma forma, com uma grande parte dos edifícios completamente destruídos.

    O correspondente internacional sênior da CNN Fred Pleitgen, o produtor Vasco Cotovio, a produtora Daria Markina e o fotojornalista Byron Blunt também viram pessoas no local da vala comum chorando e procurando os corpos de entes queridos perdidos.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN