Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Netanyahu: Israel terá “responsabilidade geral pela segurança” de Gaza por “período indefinido” após fim da guerra

    Primeiro-ministro israelense também voltou a dizer que recusa a possibilidade de cessar-fogo no território palestino controlado pelo grupo radical islâmico

    Primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, recusa ideia de cessar-fogo na Faixa de Gaza
    Primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, recusa ideia de cessar-fogo na Faixa de Gaza 24/10/2023 Christophe Ena/Pool via REUTERS

    Kareem El DamanhouryMitchell McCluskeyda CNN

    Israel terá a “responsabilidade geral pela segurança” da Faixa de Gaza por um “período indefinido” após guerra terminar, afirmou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em uma entrevista transmitida pela ABC News nesta segunda-feira (6).

    Gaza deveria ser governada por “aqueles que não querem dar continuidade às atitudes do Hamas”, disse Netanyahu. “Acho que Israel terá, por um período indefinido, a responsabilidade geral pela segurança, porque vimos o que acontece quando não o temos”, completou.

    O primeiro-ministro também repetiu que Israel não permitirá um cessar-fogo geral até que todos os reféns sejam libertados pelo Hamas.

    No entanto, Netanyahu disse que está aberto a pequenas pausas. “No que diz respeito a pequenas pausas táticas, uma hora aqui, uma hora ali, já as tivemos antes. Vamos verificar as circunstâncias para permitir a entrada de mercadorias, bens humanitários, ou nossos reféns, reféns individuais saírem. Mas não acho que haverá um cessar-fogo geral”.

    Netanyahu também abordou o papel do Irã e do Hezbollah no conflito, alertando-os para não se envolverem mais. “Acho que eles entenderam que se entrarem na guerra de forma significativa, a resposta será muito, muito poderosa, e espero que não cometam esse erro”, disse Netanyahu à ABC.

    VÍDEO – Líder do Hamas: Palestinos não sairão de Gaza

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original