Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nevasca nos EUA diminui, mas meteorologistas alertam para ventos ‘perigosamente frios’

    Cerca de um milhão de pessoas em todo o nordeste americano estavam sob alertas meteorológicos no início deste domingo

    Veículos parados numa estrada na Virgínia (EUA) durante nevasca
    Veículos parados numa estrada na Virgínia (EUA) durante nevasca Virginia Department of Transportation/Reuters (3.jan.2021)

    Aya Elamroussida CNN

    Ouvir notícia

    O pior da nevasca, conhecida como “nor’easter” – que despejou recordes de neve em partes da costa leste dos Estados Unidos – já passou, mas os ventos “perigosamente frios” devem permanecer em algumas áreas na manhã deste domingo (30), disseram os meteorologistas.

    Cerca de um milhão de pessoas em todo o nordeste americano estavam sob alertas meteorológicos no início deste domingo, um índice abaixo dos quase 16 milhões que foram afetados por tais alertas na noite deste sábado.

    “É uma grande queda conforme a tempestade sai das áreas mais populosas da costa leste”, disse o meteorologista Derek Van Dam, da CNN.

    Os alertas da nevasca, que afetaram milhões em vários estados no sábado, também foram reduzidos ao leste e norte do Maine, onde mais de 240 mil pessoas foram afetadas a partir de 1h da manhã deste domingo, de acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos (NWS).

    Uma nevasca, conforme definido pelo NWS, requer vento de pelo menos 35 milhas por hora e visibilidade de um quarto de milha ou menos por pelo menos três horas.

    Essas condições foram alcançadas no sábado em vários locais em Rhode Island e no leste de Massachusetts, incluindo Boston, disse o NWS.

    A velocidade do vento – que atingiu mais de 80 mph no sábado no leste de Massachusetts – deve diminuir para cerca de 15-25 mph no domingo, embora as rajadas possam ser maiores em algumas áreas locais, de acordo com Van Dam.

    Ainda assim, grande parte do Nordeste pode esperar ventos frios “perigosos”, alguns caindo abaixo de zero na manhã deste domingo, quando a tempestade sai da região, alertou o NWS. Mais de 760 mil pessoas de partes do oeste da Virgínia até o Maine estão sob esses avisos até as 7h, no horário local, em algumas áreas e 10h em outras.

    No final deste domingo, algumas áreas, incluindo Buffalo, Nova York e Pittsburgh, verão as temperaturas melhorarem em cerca de 10 graus.

    Enquanto isso, cidades como Nova York, Boston e Filadélfia verão uma ligeira queda de cerca de 4 graus no domingo.

    Ruas de Nova York foram atingidas pela nevasca que deve piorar nas próximas horas na Costa Leste dos EUA / Spencer Platt/Getty Images

    “Embora as temperaturas vão se recuperar (domingo), teremos que ser pacientes para qualquer aquecimento real, que não ocorre até o meio da semana”, disse Van Dam.

    O frio gélido segue uma densa nevasca que quebrou recordes em todo o nordeste em partes do sul de Nova Jersey, Nova York, Pensilvânia e Massachusetts.

    A tempestade se tornou um “ciclone bomba” na manhã deste sábado, o que significa que se fortaleceu rapidamente, disse o Centro de Previsão do Tempo.

    A tempestade causou estragos no transporte na região, criando condições perigosas nas estradas e atrasos e cancelamentos em viagens aéreas e ferroviárias.

    Mais de 3.580 voos, dentro e fora dos EUA, foram cancelados no sábado, segundo a FlightAware, e mais de mil já foram cancelados para domingo desde o início da manhã. As principais companhias aéreas ofereceram isenções e opções alternativas aos passageiros cujas viagens foram afetadas pela tempestade.

    Neve recorde e ventos de 131 km/h

    O ciclone bomba trouxe neve pesada que se acumulou rapidamente enquanto ventos uivantes sopravam pela região.

    A cidade de Stoughton, no Massachusetts, registrou uma queda de neve impressionante de 30,9 polegadas na noite deste sábado, disse o NWS. E os ventos em partes do condado de Barnstable, Massachusetts, onde fica Cape Cod, chegaram a 131 km/h no sábado, disse o serviço.

    Na manhã de domingo, até 1 metro de neve podem cair de Long Island através de Rhode Island, Massachusetts, New Hampshire e Maine, disseram meteorologistas da CNN.

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN