Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Países ricos prometem ajuda climática de US$ 100 bilhões na cúpula de Paris, diz Macron

    Presidente frânces disse que é preciso mobilizar mais financiamento privado para os países em desenvolvimento

    Líderes mundiais na cúpula do Novo Pacto Global de Financiamento
    Líderes mundiais na cúpula do Novo Pacto Global de Financiamento Ricardo Stuckert/PR

    Da Reuters

    As nações ricas prometeram um financiamento climático de US$ 100 bilhões para os países em desenvolvimento e criaram um fundo para a biodiversidade e a proteção das florestas, disse o presidente da França, Emmanuel Macron, nesta sexta-feira (23).

    “Intensificamos os $ 100 bilhões para a redistribuição dos direitos especiais de saque prometidos em 2021 e parabenizo todos aqueles que finalizaram seus acordos aqui”, declarou.

    “Lançamos um novo fundo para florestas e natureza conforme miramos na COP28 que se concentrará em fazer a mesma coisa, ou seja, financiar por meio de receitas que sairão de suas iniciativas de biodiversidade e conservação da natureza”, acrescentou.

    Ele ainda disse que é preciso mobilizar mais financiamento privado.

    O presidente francês falava em um painel final de uma cúpula em Paris, onde cerca de 40 líderes, incluindo duas dúzias da África, o primeiro-ministro da China e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se reuniram para dar impulso a uma nova agenda financeira global.

    O objetivo da cúpula é aumentar o financiamento de crise para os estados de baixa renda e aliviar suas dívidas, reformar os sistemas financeiros do pós-guerra e liberar fundos para combater a mudança climática, obtendo um consenso de alto nível sobre como promover uma série de iniciativas que lutam nos órgãos como o G20, COP, FMI-Banco Mundial e Nações Unidas.