Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Papa pede que povo brasileiro seja livre do ódio, intolerância e violência

    Em fala feita no Vaticano nesta quarta (26), Francisco comentou beatificação de Benigna Cardoso da Silva e mandou mensagem ao Brasil

    Léo Lopesda CNN em São Paulo

    O papa Francisco enviou uma mensagem ao Brasil, nesta quarta-feira (26), e pediu que o povo brasileiro seja “livre do ódio, da intolerância e da violência”.

    A informação foi compartilhada pelo Vatican News, portal do Dicastério para a Comunicação da Santa Sé.

    Durante a Audiência Geral, na Praça São Pedro, no Vaticano, o pontífice comentou a beatificação da menina cearense Benigna Cardoso da Silva, que aconteceu nesta segunda (24).

    A primeira beata do Ceará foi assassinada aos 13 anos, em 1941, em uma tentativa de estupro. Ela se tornou um símbolo do combate à violência contra a mulher e o local em que foi morta virou, ao longo das décadas que se passaram, um monumento de orações e intercessão.

    Nesta quarta (26), o papa chamou Benigna de “uma jovem mártir que, seguindo a Palavra de Deus, manteve pura a sua vida, defendendo sua dignidade”.

    “O seu exemplo nos ajude a ser generosos discípulos de Cristo”, disse ainda, antes de pedir aplausos à nova beata.

    Em seguida, Francisco enviou uma mensagem ao Brasil pedindo proteção de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira da Igreja Católica no Brasil.

    “Peço a Nossa Senhora Aparecida que proteja e cuide do povo brasileiro, que o livre do ódio, da intolerância e da violência”, afirmou.