Pequim é atingida pela segunda tempestade de areia em duas semanas

Autoridades preveem que novas tempestades, que são prejudiciais à saúde das pessoas, poderão atingir a região

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Moradores de Pequim, capital da China, enfrentaram uma nova tempestade de areia. A segunda em duas semanas. Ficou difícil ter visibilidade ao andar nas ruas ou dirigir e alguns arranha-céus ficaram completamente encobertos pela nuvem de poeira.

Pedrestes se viram forçados a cobrir os olhos contra as rajadas de vento. A qualidade do ar foi afetada e atingiu um nível drástico que oferece prejuízo à saúde das pessoas.

A administração metereológica da China disse que as tempestades de areia têm origem na Mongólia. O país passa por um período de alta temperatura, pouquíssima chuva e, por isso, deixa uma maior extensão de terra exposta.

Autoridades acresentaram que Pequim poderá sofrer novamente as consequências do clima desfavorável ainda no mês de abril.

Mais Recentes da CNN