Pescadores franceses ameaçam fechar fronteiras com Inglaterra

Os pescadores protestam por melhores condições de trabalho após Brexit

Os pescadores disseram estar enviando "um alerta" para exigir a rápida concessão por parte do Reino Unido de licenças de pesca pós-Brexit
Os pescadores disseram estar enviando "um alerta" para exigir a rápida concessão por parte do Reino Unido de licenças de pesca pós-Brexit Foto: Marc Le Cornu/via REUTERS

Dalal MawadDuarte Mendoncada CNN*

Ouvir notícia

Pescadores franceses disseram que vão bloquear o acesso aos portos do Eurotúnel e do Canal da Mancha no norte da França na sexta-feira em protesto contra os direitos de pesca pós-Brexit.

Um post na quinta-feira de um grupo de pescadores no Facebook disse que eles iriam bloquear as balsas em Saint-Malo, Calais e Ouistreham “para denunciar as condições do acordo do Brexit e suas consequências para os pescadores”.

O chefe de uma associação de pescadores disse à CNN que um protesto começaria às 13h, horário local, em Ouistreham e que 15 barcos bloqueariam o porto da região. Ele disse que outros grupos estariam bloqueando duas áreas diferentes.

Os pescadores disseram estar enviando “um alerta” para exigir a rápida concessão por parte do Reino Unido de licenças de pesca pós-Brexit.

“Não queremos esmolas, apenas queremos nossas licenças de volta. O Reino Unido deve cumprir o acordo pós-Brexit. Muitos pescadores ainda estão no escuro”, declarou Gérard Romiti, presidente do comitê nacional de pesca marítima, de acordo com a afiliada da CNN, BFMTV.

A associação de pescadores disse em entrevista coletiva online que um grande número de veículos seria usado para bloquear o acesso ao Eurotúnel, que é usado para transportar mercadorias por ferrovia entre a Grã-Bretanha e a França, de acordo com a Reuters.

O governo do Reino Unido respondeu na quinta-feira que estava “decepcionado” com as ameaças de protestos de pescadores franceses.

“Esperamos que as autoridades francesas garantam que não haja ações ilegais e que o comércio não seja afetado”, disse um porta-voz de Downing Street. “Licenciamos quase 1.700 navios da UE no total; nossa abordagem de licenciamento tem sido razoável e totalmente alinhada com nossos compromissos no Acordo de Comércio e Cooperação (TCA).

“Continuamos a trabalhar com a Comissão e as autoridades francesas e iremos considerar qualquer evidência adicional fornecida para apoiar os pedidos de licença restantes.”

Os protestos representam a última rodada de tensões em uma longa disputa entre o Reino Unido e a França sobre os direitos dos navios franceses e britânicos de pescar nas águas de cada país após o Brexit.

* (Texto traduzido. Clique aqui para ler o original).

Mais Recentes da CNN