Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Homem atira e fere 3 pessoas antes de ser baleado por policial nos EUA, diz autoridade

    Suspeito de realizar disparos estaria entre os atingidos; prédio foi isolado

    Polícia isola local em que pessoas foram baleadas em praça de alimentação em Atlanta, nos Estados Unidos
    Polícia isola local em que pessoas foram baleadas em praça de alimentação em Atlanta, nos Estados Unidos WANF

    Da CNN

    Um homem de 34 anos com uma extensa ficha criminal atirou e feriu três pessoas em uma popular praça de alimentação no centro de Atlanta, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (11), antes de ser baleado por um policial e levado sob custódia, disseram as autoridades.

    As vítimas incluem um homem de 47 anos, uma mulher de 69 anos e uma mulher de 70 anos. Todas sobreviveram e estão sendo tratadas em hospitais da área.

    “Esta é uma área movimentada. É aqui que as pessoas trabalham e é aqui que as pessoas jantam enquanto estão no trabalho, então havia uma multidão na hora do almoço e [o local] era bastante ativo”, disse o prefeito Andre Dickens.

    A polícia começou a receber chamadas logo após as 14h15 desta terça, no horário local, relatando tiros na praça de alimentação do Peachtree Center, um centro de escritórios e lojas, informou o chefe de polícia de Atlanta, Darin Schierbaum, em entrevista coletiva.

    O suspeito teria entrado na praça de alimentação armado e teve uma “breve briga” com uma pessoa antes de atirar no indivíduo, pontuou o chefe de polícia, esclarecendo mais tarde que o atirador “atacou fisicamente” a pessoa antes de atirar nela.

    Ele então atirou em outras duas pessoas que estavam na praça de alimentação, destacou Schierbaum.

    O homem foi então confrontado por um policial de Atlanta que estava de folga e fazendo um trabalho extra. O policial atirou no suspeito, ferindo-o, de acordo com o chefe de polícia.

    Um outro policial chutou a arma do suspeito para longe, ajudando a desarmá-lo.

    O policial de Atlanta “agiu decisivamente, colocou-se em perigo e acabou com essa ameaça para a comunidade”, comentou Schierbaum.

    O suspeito é um criminoso condenado que cumpriu pena de prisão por assalto à mão armada e tem “11 ciclos de prisão anteriores”, explicou a polícia.

    “Este é um indivíduo que nunca deveria ter portado uma arma e um indivíduo que nunca deveria ter colocado esta comunidade em perigo”, concluiu.

    As autoridades estão trabalhando para determinar qual a conexão entre o suspeito e o indivíduo que ele atacou primeiro. A polícia não compartilhou nenhum outro detalhe sobre a identificação do homem detido.

    O Escritório de Investigação da Geórgia liderará a investigação do caso.

    O Peachtree Center, no coração da cidade, tem espaço para escritórios em quatro edifícios, bem como 50 restaurantes e lojas de varejo e três hotéis, de acordo com seu site.

    O edifício foi isolado após o tiroteio, mas reabriu no final da tarde de terça-feira, ressaltou o prefeito. Ele havia alertado os moradores anteriormente para “evitar a área”.