Polícia americana investiga pisoteamento em show de Travis Scott, no Texas

Ao menos oito pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas durante o show, que aconteceu na última sexta (5)

Heloisa Villelada CNN

Em Nova York

Autoridades do estado do Texas, nos Estados Unidos, abriram uma investigação criminal para apurar o pisoteamento que matou oito pessoas durante um show do rapper norte-americano Travis Scott, no festival Astroworld, em Dallas.

A polícia afirma que as investigações seguirão dois pontos importantes. O primeiro é a movimentação das pessoas que estavam no show e que começaram a invadir a área que divide o palco do público, pressionando fãs contra a grade.

O local onde o show foi realizado tem capacidade para 200 mil pessoas, e, segundo a organização do evento, apenas 50 mil pessoas estavam presentes no dia.

O outro ponto da investigação é a suposta presença de uma pessoa que estaria injetando opioide com uma seringa em outros fãs sem o consentimento deles.

A polícia do Texas aguarda, agora, a liberação dos exames feitos nas oito pessoas mortas durante o show para saber exatamente quais foram as causas de suas mortes.

(Publicado por Daniel Fernandes)