Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia divulga imagens de suspeito de tiroteio que deixou ao menos 16 mortos nos EUA

    Homem está sendo procurado atirar contra pessoas em um restaurante e em uma pista de boliche em Lewiston, está foragido; segundo a polícia, ele é membro da Reserva do Exército americano

    Gabinete do Xerife do Condado de Androscoggin divulgou uma imagem que se acredita ser do suspeito foragido
    Gabinete do Xerife do Condado de Androscoggin divulgou uma imagem que se acredita ser do suspeito foragido Gabinete do Xerife do Condado de Androscoggin

    Da CNN

    A polícia de Lewiston, no Maine, nos Estados Unidos, divulgou imagens do homem suspeito de atirar e matar ao menos 16 pessoas em um restaurante e em uma pista de boliche na noite de quarta-feira (25).

    Além dos mortos, entre 50 e 60 pessoas ficaram feridas, segundo informações iniciais.

    Veja também: Ataque a tiros deixa mortos nos EUA

    As autoridades também obtiveram imagens do veículo usado pelo suspeito, de 40 anos. A Polícia Estadual do Maine confirmou à CNN que a imagem é do carro do suspeito.

    Departamento de Polícia de Lewiston divulgou imagem de um veículo ligado ao atirador do Maine / Departamento de Polícia de Lewiston Maine

    O homem, chamado Robert Card, é considerado “armado e perigoso”, de acordo com uma postagem no Facebook do Departamento de Polícia de Lewiston.

    O homem seria um instrutor certificado de armas de fogo e membro da Reserva do Exército dos EUA.

    “As forças policiais estão tentando localizar Robert Card 4/4/1983, como uma ‘pessoa de interesse’ em relação ao tiroteio em massa no Schemengees Bar e Sparetime Recreation esta noite. Card deve ser considerado armado e perigoso. Entre em contato com a polícia se tiver conhecimento de seu paradeiro”, disse a polícia de Lewiston, em nota.

    A Polícia Estadual de New Hampshire, estado americano vizinho ao Maine, está auxiliando na busca por Card, incluindo o uso de um helicóptero, disse a porta-voz da polícia estadual, Amber Lagace.

    (Publicado por Gustavo Zanfer, com informações de Sara Smart, Jamiel Lynch e Joe Sutton, da CNN)