Polícia emite mais de 100 multas por violações de lockdown do Governo britânico

De acordo com as autoridades, a investigação continua ativa e o total de multas pode aumentar

Policiais caminham em frente à residência oficial do primeiro-ministro britânico, em Downing Street, Londres
Policiais caminham em frente à residência oficial do primeiro-ministro britânico, em Downing Street, Londres REUTERS

William JamesMuvija MAlistair Smoutda ReutersElizabeth Piperda CNN Brasil Soft

Ouvir notícia

A polícia britânica disse nesta quinta-feira (12) que já fez mais de 100 notificações de multas como parte da investigação sobre a quebra de regras do lockdown em reuniões realizadas na residência oficial do primeiro-ministro em Downing Street durante a pandemia de Covid-19.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pediu desculpas quando recebeu uma multa em abril por quebrar as regras do lockdown ao participar de uma reunião em seu escritório para comemorar seu aniversário, mas rejeitou renunciar por isso.

Ele pode receber mais multas por outras reuniões, mas nesta quinta-feira o porta-voz de Johnson disse que ele não havia recebido outra notificação.

“Nesta quinta-feira, 12 de maio, a Operação Hillman, investigação sobre violações dos regulamentos da Covid-19 em Whitehall e Downing Street, emitiu mais de 100 multas”, informou um comunicado da polícia.

A polícia disse que a investigação continua ativa, então o total de multas pode aumentar ainda mais.

Foi a primeira atualização da polícia sobre o número de multas emitidas em um mês após eles terem adiado — para depois das eleições locais, realizadas na semana passada.

Na última atualização, em 12 de abril, a polícia disse ter feito mais de 50 emissões multas.

A polícia está investigando 12 reuniões realizadas nos gabinetes britânicos depois que uma investigação interna apontou que a equipe de Johnson organizou festas regadas à álcool, com o líder britânico participando de alguns dos eventos.

 

Mais Recentes da CNN