Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polônia diz que hackers russos atacaram redes governamentais

    Grupo hacker responsável seria ligado à agência de inteligência militar russa

    Alemanha acusa hacker russos de amplo ataque
    Alemanha acusa hacker russos de amplo ataque Kacper Pempel/Reuters

    Alan CharlishPawel FlorkiewiczJames Pearsonda Reuters

    Hackers russos atacaram redes pertencentes ao governo polonês nesta semana, disse o Instituto Nacional de Pesquisa (NASK), uma companhia estatal, nesta quarta-feira (8).

    O NASK pontuou que o grupo conhecido como APT28, responsável pelo ataque hacker, faz parte da agência de inteligência militar russa GRU e usou software malicioso para atingir instituições governamentais polonesas.

    Na semana passada, a Alemanha e seus aliados afirmaram que o APT28 conduziu uma ampla campanha de ciberespionagem contra empresas alemãs de defesa e aeroespaciais, assim como contra o partido social-democrata alemão.

    “O malware direcionado às instituições governamentais polonesas foi distribuído nesta semana pelo grupo APT28, associado aos serviços de inteligência da Rússia”, pontuou o NASK em comunicado.

    “Indicadores técnicos e semelhanças com ataques anteriores permitiram a identificação do grupo APT28… Este grupo está associado à Direção Principal de Inteligência do Estado-Maior General das Forças Armadas da Federação Russa (GRU)”, adicionou.

    O instituto recomendou que os administradores de rede verificassem se os funcionários estavam sob ataque.

    O ministro dos Assuntos Digitais da Polônia, Krzysztof Gawkowski, disse que o país identifica constantemente ataques cibernéticos da Rússia contra alvos que incluíam o abastecimento de água e o serviço de saúde.

    A fala de Gawkowski aconteceu em entrevista ao jornal ucraniano Economic Truth, segundo a agência de notícias estatal polonesa PAP.

    A embaixada russa em Varsóvia não respondeu imediatamente a um pedido de comentário e não houve comentários de Moscou.

    Em resposta às acusações da Alemanha de que a Rússia lançou ataques cibernéticos às suas empresas de defesa e aeroespaciais e ao partido no poder, Moscou acusou Berlim, nesta quarta-feira, de usar “mitos infundados” sobre hackers russos para aumentar as tensões.