Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Popularidade de Biden se mantém em baixa, diz professora de Relações Internacionais

    Estados Unidos celebram Dia da Independência nesta segunda-feira (4); país enfrenta maior inflação em mais de 40 anos

    Ludmila CandalRenata Souzada CNN

    em São Paulo

    Apesar das celebrações pelo Dia da Independência que acontecem nos Estados Unidos nesta segunda-feira (4), a popularidade do presidente Joe Biden se mantém em baixa, segundo análise da professora de Relações Internacionais da Universidade Federal de Sergipe (UFS) Bárbara Motta em entrevista à CNN.

    “O que a gente vem percebendo é que a popularidade do Biden vem se mantendo em baixa. O que o governo Biden, o que o Joe Biden, vem buscando fazer é tentar se desacoplar dessa questão econômica”, afirma a especialista.

    Em relação à economia do país, a inflação crescente tem sido um dos principais obstáculos. O Índice de Preços para Despesas com Consumo Pessoal (PCE) dos EUA, um importante indicador de inflação, avançou 7,1% no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período em 2021, segundo dados divulgados na última quarta-feira (29).

    Segundo Motta, uma das estratégias usadas pelo governo estadunidense tem sido associar os resultados negativos a fatores externos, como por exemplo a invasão da Ucrânia pela Rússia.

    Diante desse cenário, a professora avalia quais podem ser os impactos dos resultados de Biden nas próximas eleições no país.

    “Se a população norte-americana perceber que há uma deterioração dos seus direitos civis e vincular essa deterioração ao governo Biden, isso pode prejudicar, e muito, as próximas eleições”, avaliou.

    Assista à íntegra da entrevista no vídeo acima.