Praça Black Lives Matter será permanente em Washington

Local ficou conhecido pelos protestos em resposta à morte de George Floyd

Pedro Moreirada CNN

em Washington

Ouvir notícia

A intervenção artística Black Lives Matter, feita em uma via pública próxima à Casa Branca, em Washington, passará a ser permanente. O local, que ficou famoso após manifestações contra a brutalidade policial realizadas em 2020, se tornará uma praça.

A intervenção foi feita por ativistas em julho do ano passado a pedido da prefeita de Washington, Muriel Bowser, que na ocasião afirmou se tratar de um recado ao então presidente Donald Trump. “A prefeita se opunha ao envio de tropas federais que Trump havia ordenado para reprimir as manifestações que estavam acontecendo na capital americana”, disse o repórter da CNN Pedro Moreira.

Além da obra, o trecho da rua também foi renomeado para Black Lives Matter, e passou a ser ponto de encontro para manifestantes da cidade. “A repercussão foi positiva, muitas cidades copiaram, até mesmo no Brasil”, disse.

No entanto, manifestantes também condenam Muriel Bowser por não reduzir os investimentos na polícia local para investir em ações sociais. “[Os manifestantes] alegam que a polícia tem um orçamento bilionário e usam esse dinheiro para se militarizar, reprimindo comunidades mais vulneráveis”, afirmou Pedro Moreira.

Mais Recentes da CNN