Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Praça Tahrir recebe centenas de pessoas em protesto de apoio à Palestina; polícia egípcia retira manifestantes

    Jornalistas da CNN no Egito testemunharam ato nesta sexta-feira (20), em meio a conflito entre Israel e o grupo radical islâmico Hamas

    Centenas de manifestantes pró-Palestina em Cairo, no Egito
    Centenas de manifestantes pró-Palestina em Cairo, no Egito Reuters

    Da CNN

    Centenas de pessoas protestaram em apoio aos palestinos nesta sexta-feira (20), perto da Praça Tahrir, no centro do Cairo, no Egito, conforme testemunharam jornalistas da CNN.

    Os manifestantes se espalharam por um quarteirão inteiro e dobraram uma esquina. Tahrir, uma importante praça pública da região, tem sido um ponto de encontro de protestos no Egito.

    A polícia de choque, então, empurrou a multidão da entrada da Praça Tahrir para a vizinha Praça Bab El Luk e fechou o acesso ao local inicial dos protestos com as forças de segurança, testemunhou um jornalista da CNN.

    As pessoas também gritaram: “Com a nossa alma e o nosso sangue iremos te redimir, Aqsa”, um grito de guerra pró-Palestina que faz referência à Mesquita de Al-Aqsa na Cidade Velha de Jerusalém, um dos locais mais venerados no Islã e no Judaísmo.

    Desde que o grupo radical islâmico Hamas atacou Israel e os israelenses responderam com ataques aéreos, protestos em defesa da Palestina ocorreram em diversos lugares do mundo.

    Partidos políticos e instituições alinhadas com o governo egípcio convocaram manifestações a nível nacional em apoio aos palestinos, episódio que surpreende após uma década de rigorosas leis antiprotestos.

    Veja: Protestos a favor da Palestina pelo mundo

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original