Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prisioneiros ucranianos podem ser trocados por oligarca detido, diz mídia estatal russa

    Viktor Medvedchuk, político e oligarca ucraniano pró-Rússia, foi preso por autoridades da Ucrânia em abril

    Alex Stambaughda CNN

    Em Hong Kong

    A Rússia está considerando trocar prisioneiros ucranianos do regimento Azov por Viktor Medvedchuk, um político e oligarca ucraniano pró-Rússia, de acordo com a mídia estatal russa.

    “Vamos estudar o assunto”, disse Leonid Slutsky, membro da delegação russa para as negociações Ucrânia-Rússia, durante uma visita à cidade ocupada de Donetsk, informou a agência de notícias estatal russa RIA Novosti neste sábado (21).

    Medvedchuk foi detido pelas autoridades ucranianas em abril em uma “operação especial”, disse o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky no início deste ano.

    Ao anunciar a detenção de Medvedchuk em abril, Zelensky postou uma foto no Telegram do oligarca algemado e desgrenhado vestindo uniforme no Telegram, com a legenda: “Uma operação especial foi realizada graças ao SBU [Serviço de Segurança da Ucrânia]. Muito bem!”

    Antes da invasão da Rússia, Medvedchuk enfrentou acusações de traição na Ucrânia e estava em prisão domiciliar. Seu paradeiro era desconhecido nas semanas que se seguiram à invasão. Alguns observadores especularam que Medvedchuk ou um de seus aliados poderia ser a preferência do Kremlin para liderar um governo fantoche na Ucrânia se a invasão de 24 de fevereiro conseguisse derrubar Zelensky.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original