Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Putin diz que atacou Ucrânia em retaliação à destruição de ponte na Crimeia

    Em um discurso televisionado, Putin disse que Moscou lançou ataques de mísseis de longo alcance contra a infraestrutura de energia, militar e de comunicações da Ucrânia

    Reuters

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira (10) que a Ucrânia realizou “atos terroristas” contra a Rússia e prometeu reagir com força se eles continuarem.

    Em um discurso televisionado, Putin disse que Moscou lançou ataques de mísseis de longo alcance contra a infraestrutura de energia, militar e de comunicações da Ucrânia nesta segunda-feira em retaliação por um ataque a uma ponte vital que liga a Rússia à península anexada da Crimeia, no fim de semana.

    “É óbvio que os serviços secretos ucranianos ordenaram, organizaram e executaram o ataque terrorista destinado a destruir a infraestrutura civil crítica da Rússia”, disse Putin sobre a explosão da ponte.

    Autoridades ucranianas celebraram após a explosão, mas Kiev não reivindicou a responsabilidade.

    Cidades em toda a Ucrânia ficaram sem energia ou água e várias foram mortas em ataques com mísseis da Rússia em mais de uma dúzia de cidades ucranianas na manhã de segunda-feira.

    Putin disse que a Rússia responderá “duramente” a quaisquer novos ataques da Ucrânia.

    “Se continuarem as tentativas de realizar atos terroristas em nosso território, as respostas da Rússia serão duras e em sua escala corresponderão ao nível de ameaças criadas para a Federação Russa. Ninguém deve ter dúvidas sobre isso”, disse Putin.