Rainha Elizabeth não comparecerá mais à missa da Commonwealth

Segundo comunicado do Palácio de Buckingham, príncipe Charles irá representá-la; esse seria o primeiro compromisso público da rainha desde que ela foi aconselhada a descansar

Rainha britânica Elizabeth em Cardiff
Rainha britânica Elizabeth em Cardiff 14/10/2021 Jacob King/Pool via REUTERS

Michael Holdenda CNN

Ouvir notícia

A rainha Elizabeth II, do Reino Unido, não comparecerá à missa da Commonwealth na segunda-feira (14), informou o Palácio de Buckingham, no que seria o primeiro compromisso em público da monarca de 95 anos desde que ela foi aconselhada a descansar pelos seus médicos.

A mais velha e longeva monarca do mundo tem aparecido muito pouco em público desde que passou uma noite no hospital no último mês de outubro por uma doença não especificada e foi orientada pela sua equipe médica a descansar.

Mês passado, ela testou positivo para Covid-19, mas estava bem o suficiente para se encontrar com o primeiro ministro canadense, Justin Trudeau, no Castelo de Windsor, na segunda-feira. Fora isso, ela tem praticamente cumprido seus deveres virtualmente da sua residência no Castelo de Windsor.

O Palácio de Buckingham disse que seu filho e herdeiro, príncipe Charles, a substituirá na missa anual do Commonwealth de 54 nações que ela lidera na próxima semana.

“Após discutir os acordos com a Casa Real, a rainha pediu que o príncipe de Gales represente Sua Majestade na Missa da Commonwealth na Abadia de Westminster na segunda-feira,” disse o Palácio de Buckingham, em um comunicado.

“A rainha continuará com outros compromissos planejados, incluindo audiências em pessoa, durante a próxima semana”.

Mais Recentes da CNN