Ainda com sintomas leves de Covid, Rainha Elizabeth cancela compromissos virtuais

A Rainha continua exercendo tarefas leves desde domingo e tem diversos eventos marcados para março

Rainha britânica Elizabeth em Cardiff
Rainha britânica Elizabeth em Cardiff 14/10/2021 Jacob King/Pool via REUTERS

Max FosterLauren Said-Moorhouseda CNN

Em Londres

Ouvir notícia

A rainha britânica Elizabeth II cancelou seus compromissos virtuais planejados nesta terça-feira (22), pois continua a sofrer com sintomas leves da Covid-19, informou o Palácio de Buckingham.

O palácio anunciou no domingo (20) que a monarca de 95 anos havia contraído o vírus.

“Como Sua Majestade ainda está com sintomas leves de resfriado, ela decidiu não realizar seus compromissos virtuais planejados para hoje, mas continuará com tarefas leves”, disse o Palácio.

Os compromissos leves provavelmente se referem às responsabilidades de chefe de estado, como ler e responder documentos e cartas, que ela recebe diariamente em suas famosas caixas de despacho vermelhas.

Uma fonte próxima ao palácio disse à CNN que os novos compromissos da rainha na próxima semana serão decididos mais adiante.

A preocupação com a saúde da rainha foi redobrada devido à sua idade avançada e problemas de saúde no final do ano passado. No entanto, ela continuou trabalhando desde domingo, apesar de testar positivo para o coronavírus, emitindo uma mensagem de condolências ao povo do Brasil pelas enchentes no país na segunda-feira (21).

O diagnóstico da rainha é o mais recente caso de Covid a atingir a casa real. Seu filho mais velho e herdeiro do trono britânico, o príncipe Charles, contraiu o vírus pela segunda vez em 10 de fevereiro e viu sua mãe “recentemente”. Dias depois, sua esposa, Camilla, também testou positivo.

Além disso, uma fonte real disse à CNN no domingo que recentemente houve “vários casos diagnosticados na equipe do Castelo de Windsor”.

A mídia do Reino Unido informou que a rainha está totalmente vacinada.

O Palácio de Buckingham confirmou anteriormente que a monarca e seu falecido marido, o príncipe Philip, receberam suas primeiras doses de uma vacina contra a Covid-19 em janeiro de 2021. O palácio se recusou a revelar qualquer informação sobre as vacinações subsequentes, citando a privacidade médica.

Rainha Elizabeth II
Rainha Elizabeth II recebeu um buquê com as mesmas flores que estiveram no buquê da sua coroação / Joe Giddens – by WPA Pool/Getty Images

A rainha – que atingiu a marca de 70 anos como monarca britânica em 6 de fevereiro – só recentemente retomou os compromissos pessoais depois de dar um passo atrás, aconselhada por médicos, para descansar após uma internação noturna em outubro por um motivo não revelado.

Ela usou uma bengala em vários compromissos nos últimos meses e mencionou sua mobilidade em um evento na semana passada. Enquanto realizava uma audiência com dois secretários militares no Oak Room no Castelo de Windsor, ela brincou: “Bem, como você pode ver, não consigo me mexer”, enquanto gesticulava para a perna.

Uma fonte real disse à CNN na época que acreditava-se que ela estava se sentindo um pouco rígida, e não estava ferida ou doente.

Ela também fez planos para aparecer em vários compromissos importantes no próximo mês: uma recepção diplomática no Castelo de Windsor em 2 de março, a missa anual da Commonwealth na Abadia de Westminster em 14 de março; e uma missa de ação de graças para o príncipe Philip no mesmo local em 29 de março.

As comemorações em todo o país para seu Jubileu de Platina estão marcadas para junho.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN