Rainha Elizabeth testa positivo para Covid-19, diz Palácio de Buckingham

Monarca britânica está com "sintomas leves de resfriado", diz comunicado; príncipe Charles e sua esposa também testaram positivo nas últimas semanas

Reuters

Ouvir notícia

A rainha Elizabeth II, de 95 anos, testou positivo para Covid-19, disse o Palácio de Buckingham neste domingo (20).

“A rainha hoje testou positivo para Covid”, disse o Palácio. “Sua Majestade está com sintomas leves de resfriado, mas espera continuar com tarefas leves em Windsor na próxima semana. Ela continuará recebendo atendimento médico e seguirá todas as orientações apropriadas”, acrescentaram.

No último dia 10 de fevereiro, o filho mais velho da Rainha, o príncipe Charles, também havia testado positivo para Covid-19 pela segunda vez. Na ocasião, Charles, de 73 anos, participaria de um evento em Winchester, no sudoeste da Inglaterra, para marcar o 70º aniversário da ascensão ao trono de sua mãe, mas sua presença foi cancelada.

Em seguida, Camilla, esposa de Charles, também foi confirmada com o coronavírus.

A saúde da rainha está sob os holofotes desde que ela passou uma noite no hospital em outubro passado por uma doença não especificada e depois foi aconselhada por seus médicos a descansar.

Na quarta-feira, Elizabeth brincou com membros da família real que não conseguia se mexer muito enquanto realizava seu primeiro compromisso pessoal desde que Charles deu positivo.

Elizabeth II foi a primeira monarca britânica a celebrar um Jubileu de Platina, completando 70 anos como soberana. Entretanto, apesar de sete décadas de serviço sem precedentes, não houve celebração no dia, já que ele também marca o aniversário de morte do rei George VI, pai da monarca.

Os casos de Covid-19 no Reino Unido tiveram um aumento significativo nas últimas semanas de 2021 e nas primeiras de 2022, principalmente devido à chegada da nova e mais contagiosa variante Ômicron.

Mais Recentes da CNN